Lista suja de trabalho escravo atualizada traz 166 empregadores no país
Natal, RN 17 de jul 2024

Lista suja de trabalho escravo atualizada traz 166 empregadores no país

12 de abril de 2018
Lista suja de trabalho escravo atualizada traz 166 empregadores no país

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

O Ministério do Trabalho atualizou terça-feira (10) a lista suja de trabalhadores submetidos à condições análogas às de escravo. O cadastro conta com 166 nomes de empregadores ou empresas, onde foram encontrados 269 trabalhadores em situação semelhante a de escravos. A atualização trouxe 34 novos nomes. Nenhuma empresa ou pessoa física do Rio Grande do Norte foram citadas. Ao todo, 28 empregadores são da região Nordeste.

Entre as empresas estão a ALL América Latina Logística (atual Rumo Malha Paulista), a Cone Brasil, que comercializou alimentos no Rock in Rio e duas construtoras responsáveis por obras no Programa Minha Casa Minha Vida.

A publicação ocorreu após decisão judicial proferida pela 11ª Vara do Trabalho de Brasília em ação do Ministério Público do Trabalho. A União tinha até o dia 27 deste mês para publicar a lista atualizada. O descumprimento implicaria multa diária de R$ 10 mil.

Confira a lista suja atualizada aqui

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.