CULTURA

Cine Verão: Festival de cinema com vista para o mar

A 3ª edição do Cine Verão começa nesta terça-feira (28), a partir das 17h, na praia de Ponta Negra, com um Encontro entre Realizadores. O festival segue até quarta-feira (29), do Deck em frente ao Astral Sucos, na orla. Haverá Djs antes e após as exibições. Ao todo, serão exibidos 19 curtas, sendo 10 potiguares para a mostra Poti e 9 nacionais da mostra Brasil, todos escolhidos pela curadoria do evento. O festival é gratuito.

Às 18h30, em sessão première, será exibido o documentário A Tradicional Família Brasileira – Katu, dirigido por Rodrigo Sena.

Na sequência, o Curta Verão abre a mostra Poti com os curtas Codinome Breno (Manoel Batista), Distorção (Paula Pardillos e Davi Revoredo), Salve o rei que vai chegar (Rosália Figueirêdo), Berro (Alex Macedo & Riele Silva) e Casa com Parede (Dênia Cruz).

O primeiro dia termina com os filmes do Cine Verão Brasil. Pela ordem Riscados pela Memória (Alex Vidigal/DF), Pega-se facção (Thaís Braga/PE), Vista para dias nublados (Ana Luísa Moura/RS), Travelling Adiante (Lucio Branco/RJ) e Dragnostra (PV Vidotti/MT)

Dia 29

O segundo e último dia do Cine Verão é retomado com novo encontro entre realizadores, a partir das 17h. A mostra Poti vem em seguida com A Província Moderna (Artemilson Lima e Raimundo Arrais), Vila Sossego (Alex Macedo), Júlia Porrada (Igor Ribeiro), Em Reforma (Diana Coelho) e Bascuio (Tupan Diego).

A mostra nacional encerra o evento com exibição de A praga do cinema brasileiro (Zefel Coff e William Alves/DF), As viajantes (Davi Mello/SP), Soccer Boys (Carlos Guilherme Vogel/RJ) e O Grande amor de um lobo (Kennel Rogis e Adrianderson Barbosa/PB).

Os vencedores serão divulgados após às 20h30.

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo
Jornalista e autor da biografia "O homem da Feiticeira: A história de Carlos Alexandre"