Parasitas e vagabundos
Natal, RN 19 de jun 2024

Parasitas e vagabundos

10 de fevereiro de 2020

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Ao classificar de “parasitas” os servidores públicos, o ministro da Economia Paulo Guedes trouxe à tona outro “pensador” brasileiro, o ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso.

Em maio de 1998, em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, FHC chamou de “vagabundos” os trabalhadores que se aposentam com menos de 50 anos de idade:

"Fiz a reforma da Previdência para que aqueles que se locupletam da Previdência não se locupletem mais, não se aposentem com menos de 50 anos, não sejam vagabundos em um país de pobres e miseráveis", disse o então presidente.

O detalhe é que FHC se aposentou aos 37 anos de idade como professor da USP. Ele e outros docentes foram impedidos de dar aula por força do Ato Institucional nº 5. No entanto, não há notícia de que após a lei da anistia ele tenha reivindicado retomar o posto na academia.

Paulo Guedes lembrou Fernando Henrique também na justificativa. Ambos se disseram mal interpretados, indicando que os jornalistas tiraram as frases do contexto.

A ofensa de FHC aos trabalhadores e aposentados o persegue ainda hoje.

É o que o destino reserva também a Paulo Guedes.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.