Vereadores de Natal derrubam veto de Álvaro Dias ao projeto Banho Solidário
Natal, RN 27 de mai 2024

Vereadores de Natal derrubam veto de Álvaro Dias ao projeto Banho Solidário

11 de março de 2020
Vereadores de Natal derrubam veto de Álvaro Dias ao projeto Banho Solidário

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

O plenário da Câmara Municipal de Natal derrubou o veto integral do Executivo ao Projeto de Lei n° 28/17, de autoria do ex-vereador Sandro Pimentel (PSOL), que prevê a instalação de chuveiros itinerantes em ônibus ou outro meio similar adaptados para efetivação do Projeto Banho Solidário, voltado para a população em situação de rua.

De acordo com a vereadora Divaneide Basílio (PT), que defendeu a matéria pela bancada de oposição, o intuito da iniciativa é ajudar pessoas que estão em situação de vulnerabilidade social e que precisam de cuidados na higiene.

"Que bom que os parlamentares entenderam a importância desse texto. Na última quinta-feira fizemos um ótimo debate no qual elencamos os benefícios da proposição e apelamos pela manutenção do Banho Solidário. Trata-se de garantir dignidade para todos os cidadãos. Parabenizo o ex-vereador e agora deputado estadual Sandro Pimentel pela atitude. O próximo passo é cobrar para que a ideia saia do papel", disse.

Por sua vez, o líder da bancada governista, vereador Kleber Fernandes (PDT), falou que a Prefeitura de Natal já desenvolve ações que contemplam pontos que o projeto prevê. "Temos, por exemplo, o Creas Pop com estrutura para banho e lavagem de roupa, além do do albergue mantido pelo Município. Dito isso, estabelecemos um diálogo com o Executivo, que declinou do veto, haja vista que será uma despesa pequena, não acarretará impactos financeiros e ajudará muita gente".

O Centro Pop, localizado na rua Princesa Isabel, Cidade Alta, funciona das 8h às 17h, de segunda a sexta e oferece banho, café da manhã, lavanderia, atendimentos psicossociais e oficinas socioeducativas com profissionais. A demanda de acolhimentos é espontânea.

Já o Albergue Municipal abre diariamente a partir das 18h. Além de um lugar para dormir, os usuários tem direito a banho, jantar e café da manhã.

Mesmo com os serviços citados funcionando, a quantidade de atendidos é baixa. No Albergue por exemplo, apenas 68 pessoas podem entrar. Enquanto isso, o Centro Pop recebe cerca de 100 pessoas por dia.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.