Na contramão dos bancos tradicionais, Sicoob abre mais duas agências no RN
Natal, RN 22 de jun 2024

Na contramão dos bancos tradicionais, Sicoob abre mais duas agências no RN

16 de março de 2020
Na contramão dos bancos tradicionais, Sicoob abre mais duas agências no RN

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Formado por cooperativas de crédito, além de empresas de apoio especializadas, o Sicoob é atualmente o maior sistema financeiro cooperativo do país. Nele, os clientes ou cooperados, fazem parte das decisões e resultados financeiros de forma democrática e cooperativa.

No Rio Grande do Norte, o Sistema inaugurou recentemente uma agência no Partage Norte Shopping e deve inaugurar em abril mais uma na Abel Cabral, além de mais dois pontos de atendimento, um em Parnamirim e outro na Cidade Alta, até o fim de 2020.

Essa expansão acontece em um momento economicamente delicado, em que bancos tradicionais têm fechado agências para apostar na redução de custos e no atendimento digital. De acordo com o jornal Folha de S.Paulo, mais de 1.200 agências de grandes bancos como Bradesco, Itaú e Banco do Brasil, estarão fechadas até o final deste ano.

O Sicoob possui hoje cerca de 2,7 mil pontos de atendimentos, entre caixas eletrônicos, canais digitais e presenciais que oferecem produtos e serviços financeiros práticos e modernos. De acordo com o Assessor da Presidência do Sicoob, Thiago Pegado, a empresa entende que a tecnologia é indispensável, porém, o relacionamento pessoal também é:

"Sabemos que a tecnologia vem para facilitar a vida de todos e por isso temos o melhor app entre as instituições financeiras, mas a tecnologia não substitui o relacionamento pessoal do cliente com seu banco, é com esse pensamento que estamos abrindo novas agências para que quando o associado desejar conversar pessoalmente com seu gerente, ele esteja o mais próximo e acessível possível", explica.

O sistema de Cooperativa funciona de forma que o cliente vire um sócio do Sicoob. Ainda segundo Thiago, esse é o grande diferencial existente.

"Como sócio, você se torna dono da cooperativa, participa da nossa realidade e o melhor é que o resultado financeiro é distribuído anualmente para cada sócio proporcionalmente a sua movimentação na cooperativa, ou seja, quanto maior o uso do Sicoob, maior o retorno obtido", disse.

A distribuição de resultados é um fator propulsor da economia local, já que o dinheiro passa a girar na própria comunidade. Um dos exemplos disso está no estado do Espírito Santo, que de acordo com o Sicoob, terá mais de R$ 100 milhões distribuídos para os sócios locais do 45° maior grupo empresarial do país.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.