Fátima confirma prorrogação de isolamento social até 23 de abril no RN
Natal, RN 21 de jun 2024

Fátima confirma prorrogação de isolamento social até 23 de abril no RN

1 de abril de 2020
Fátima confirma prorrogação de isolamento social até 23 de abril no RN

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

A governadora Fátima Bezerra (PT) confirmou nesta quarta-feira (1º) que a quarentena no Rio Grande do Norte será estendida até o dia 23 de abril. Um novo decreto será publicado no Diário Oficial desta quinta-feira (2) detalhando as novas medidas.

Pelo twitter, Fátima adiantou que as aulas das redes pública e privada continuarão suspensas no Estado. O comércio, shoppings, bem como diversas atividades também terão restrições.

“Quero aqui adiantar pra vocês que nesta quarta-feira estaremos publicando um novo decreto para prorrogar todas as medidas de isolamento social em curso no RN. Neste sentido, as aulas continuarão suspensas, tanto na rede pública quanto na rede privada, e o comércio, shoppings, bem como diversas outras atividades, também terão restrições. Este novo decreto vai se estender até o dia 23 de abril”, afirmou.

A governadora explicou que os bares, restaurantes e oficinas localizados nas estradas, fora do perímetro urbano, desde que obedecendo as normas do próprio decreto, poderão continuar abertos para atender o segmento dos caminhoneiros.

- Dada a responsabilidade que eles têm de transportar as cargas em todo o país, mantendo o abastecimento do Estado. O momento agora, mais do que nunca, é de muita solidariedade e muita união. Juntos, vamos superar o Coronavírus", disse.

“A renda básica de cidadania é para antes de ontem”, desabafa governadora

A governadora também gravou um vídeo nesta quarta-feira (1º) cobrando do presidente da República Jair Bolsonaro (sem Partido) o pagamento da renda básica às famílias em situação de vulnerabilidade social. O projeto foi aprovado pelo Congresso Nacional e garante benefício que varia de R$ 600 a R$ 1.200 para autônomos e famílias que vivem em extrema vulnerabilidade social no país.

- Precisamos do olhar mais especial para famílias que vivem em condição de extrema vulnerabilidade social, é para antes de ontem que o presidente da República sancione o projeto de lei já aprovado pelo Congresso Naconal que vai garantir a renda básica de cidadania que precisa chegar na casa dessas pessoas, para garantir a sobrevivência dessas famílias. O momento é de muita união, solidariedade e parceria. De mãos dadas vamos enfrentar a pandemia do coronavirus e garantir a defesa da saúde

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.