Jornalista registra comércio aberto e aglomeração de pessoas no bairro mais popular de Natal
Natal, RN 24 de mai 2024

Jornalista registra comércio aberto e aglomeração de pessoas no bairro mais popular de Natal

13 de maio de 2020
Jornalista registra comércio aberto e aglomeração de pessoas no bairro mais popular de Natal

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

O jornalista Aílton Medeiros se disse estarrecido nesta quarta-feira (13) com a quantidade de pessoas que viu nas ruas levando a vida normal, como se a pandemia do novo Coronavírus não existisse. Ele conta que após 20 dias em casa, cumprindo a quarentena, precisou acompanhar a filha para buscar uma encomenda no Alecrim, o bairro mais populoso de Natal. As cenas que presenciou o deixaram revoltado:

- Respeitei a quarentena ficando dentro do carro, mas as cenas que vi no Alecrim me estarreceram. É um dia normal, como se não existisse essa pandemia, como se a Covid-19 fosse coisa de outro planeta. As pessoas circulando normalmente, a loja Iskisita completamente lotada, o estacionamento da loja completamente lotado, a avenida coronel Estevam normal, o comércio funcionando, as pessoas comprando, rindo, chupando picolé, batendo papo na calçada, muitas sem máscaras”, disse.

Comércio aberto e gente na rua: dia normal no bairro do Alecrim (foto: Aílton Medeiros)

Medeiros acredita que se extra-terrestre descesse no Alecrim não imaginaria que o mundo estava atravessando uma grave pandemia. E ressaltou que a aglomeração de pessoas não foi notada apenas naquele bairro:

Se tivesse vindo alguém de outro planeta e pousasse no Alecrim, diria: “não, é um dia normal, no Alecrim não tem pandemia”. Circulei em outras ruas também, E o que vi nas avenidas Prudente de Moraes e Alexandrino de Alencar não tem diferença para os dias pré-Covid-19”, relata o jornalista, que prevê dias ainda piores em razão do descumprimento das medidas de isolamento social pela população de Natal:

- Essa segunda quinzena de maio e o mês de junho serão horrorosos. Deus queira que eu esteja errado, mas pelo que vi nas ruas de Natal hoje e, em particular, no bairro do Alecrim, o apocalipse está só no começo”, diz.

Índice de isolamento social no RN é de apenas 42%

Petrônio Spinelli reforça importância do isolamento social no RN para conter a disseminação do coronavírus (foto: Elisa Elsie)

Nesta quarta-feira, o secretario-adjunto de Saúde Pública Petrônio Spinelli afirmou em entrevista coletiva que o índice de isolamento social registrado no Rio Grande do Norte na terça-feira (12) foi de apenas 42%. Mesmo muito baixo para o que almeja o Governo, os números cresceram relação ao final de semana, que registrou índices abaixo de 40%.

Spinelli vem reforçando diariamente a importância do cumprimento pela população das medidas de distanciamento social, previstas em vários decretos já publicados pelo Governo do Estado no Diário Oficial.

– Registramos 43% de isolamento social na terça-feira. Se o isolamento não voltar a 60% continuamos com o risco de não dar conta das pessoas que vão precisar de respiradores”, disse.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.