PT, PSOL e Cidadania propõem prorrogação do auxílio emergencial por até 1 ano
Natal, RN 19 de jun 2024

PT, PSOL e Cidadania propõem prorrogação do auxílio emergencial por até 1 ano

8 de maio de 2020
PT, PSOL e Cidadania propõem prorrogação do auxílio emergencial por até 1 ano

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Deputados de oposição estão discutindo a necessidade de prorrogação do pagamento do auxílio emergencial de R$ 600. A proposta, sancionada no início de abril, previa o pagamento de três parcelas do benefício, portanto, até o mês de junho. Com as perspectivas de permanência do Coronavírus e das medidas de distanciamento social que afetam a economia, três partidos já têm propostas para estender o benefício por mais tempo.

A sugestão dos deputados federais do Cidadania prevê que o Auxílio seja prorrogado por seis meses, podendo ser prorrogado caso a pandemia perdure após o período estipulado. Para o partido "é fundamental que esse projeto seja aprovado para que os repasses de R$ 600, bem como as antecipações do BPC e do auxílio-doença, se deem pelo menos até setembro/2020, assim, os efeitos nefastos da crise poderão ser minorados para as pessoas de menor poder aquisitivo", justifica.

Já a proposta do Partido dos Trabalhadores, assinada por 51 deputados da bancada, prorroga o pagamento dos R$ 600 por um ano, a contar da publicação do texto. "O período de 3 meses previsto para o pagamento do auxílio não será suficiente diante da previsão de contaminação pela Covid-19 até julho ou agosto. Além disso, haverá um período de transição entre o choque do isolamento e a efetiva retomada da atividade, uma vez que o mercado de trabalho costuma ser o último a reagir em momentos de crise", diz a justificativa do texto.

A terceira proposta que está na Câmara, do PSOL, estende o pagamento dos R$ 600 por mais nove meses, a partir da publicação do texto. Ou seja, se aprovado em junho, o texto prorrogaria o benefício até março de 2021.

Há também uma iniciativa individual de aumento do período de pagamento do benefício, de autoria do deputado Wolney Queiroz (PDT-PE). O PL 2222/2020 prevê que o benefício da renda básica emergencial seja prorrogado por mais três meses.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.