A revolução devora seus filhos (mais uma vez)

Para o professor, escritor e filósofo Pablo Capistrano, só a desonestidade intelectual explica o fato de opositores do comunismo colocarem na conta do regime os expurgos de Moscou e as mortes nos Gulags de Stálin