Depois de vetar projeto, Prefeitura do Natal defende uso de aluguel social para vítimas de explosão em Mãe Luíza
Natal, RN 17 de jul 2024

Depois de vetar projeto, Prefeitura do Natal defende uso de aluguel social para vítimas de explosão em Mãe Luíza

8 de fevereiro de 2021
Depois de vetar projeto, Prefeitura do Natal defende uso de aluguel social para vítimas de explosão em Mãe Luíza

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Depois de vetar integralmente o projeto de lei que institui o Programa Locação Social no âmbito do Município, alegando inconstitucionalidade, a Prefeitura do Natal defendeu o aluguel social nesta segunda-feira (8).

Diante da tragédia ocorrida na madrugada deste domingo (7) no bairro de Mãe Luíza, que vitimou quatro pessoas após uma explosão que culminou com o desabamento de cinco casas, a Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas) admitiu “usar de imediato o aluguel social” para atender as famílias atingidas.

Acontece que foi o próprio prefeito Álvaro Dias quem vetou o projeto de aluguel social, que consiste no pagamento de auxílio a quem não dispõe de meios materiais para adquirir ou alugar moradia.

De autoria da vereadora Divaneide Basílio (PT), o projeto havia sido aprovado na Câmara Municipal de Natal no dia 23 de dezembro e pretendia atender, de forma excepcional e temporária, a famílias sem moradia e mulheres vítimas de violência doméstica, além de idosos, pessoas com deficiência, enfermos graves ou arrimos de família (principal ou único responsável pela renda familiar).

“Esperamos que o prefeito Álvaro Dias reveja sua decisão e nos ajude a reverter o veto que ele deu ao projeto de aluguel social, apresentado pelo nosso mandato e aprovado por unanimidade ano passado na Câmara Municipal de Natal”, afirmou a vereadora Divaneide após as declarações públicas dada pela Semtas.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.