Governadora descarta lockdown no RN e anuncia decreto com recomendação para bares e restaurantes fecharem às 22h
Natal, RN 17 de jul 2024

Governadora descarta lockdown no RN e anuncia decreto com recomendação para bares e restaurantes fecharem às 22h

19 de fevereiro de 2021
Governadora descarta lockdown no RN e anuncia decreto com recomendação para bares e restaurantes fecharem às 22h

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

O agravamento da pandemia e consequente lotação de leitos críticos para covid-19 provocou nova reunião nesta sexta-feira (19) entre equipe do governo do Rio Grande do Norte e prefeituras de cidades polo e da região metropolitana, Ministérios Públicos Federal, Estadual e do Trabalho. Apenas a capital, Natal, uma das cidades mais afetadas, faltou ao encontro virtual dos gestores.

A governadora Fátima Bezerra (PT) descartou a possibilidade de lockdown, mas anunciou que os municípios se manifestaram favoráveis às recentes recomendações do comitê científico para contenção da pandemia, reforçando medidas por meio decretos próprios alinhados às orientações do Governo do RN.

O Governo vai editar um novo decreto com essas recomendações às prefeituras, enfatizando a necessidade de proibir eventos pelos próximos 14 dias e de restringir o horário de funcionamento de bares e restaurantes em todo o estado. As medidas passam a valer a partir deste sábado (20).

“O Governo do estado está aqui de prontidão de mãos dadas com as prefeituras para que todas as ações necessárias sejam realizadas tendo em vista aquilo que é central para o povo do Rio Grande do Norte, que é não aglomerar”, disse Fátima, ao antecipar que junto com o decreto divulgará a abertura de 39 novos leitos.

Na quinta-feira (18), o comitê científico estadual, órgão consultivo criado para orientar pelo Governo do Estado em relação às normas relacionadas à pandemia, recomendou uma série de medidas.
Além da abertura de novos leitos, entre as sugestões está a suspensão de aulas presenciais nas escolas, também pelo período de 14 dias. O Governo não acatou.

Fátima Bezerra anunciou que cada município deve adotar ainda as medidas que considerar cabíveis à realidade sanitária da região.

Pela manhã, a governadora encontrou a bancada potiguar e discutiu a saúde como prioridade para as emendas parlamentares individuais e coletivas ao Orçamento Geral da União para 2021 em diálogo com entes e instituições.

Às 18h desta sexta-feira (19), treze hospitais públicos do estado estavam sem leitos críticos disponíveis para pacientes covid-19.

Hospitais com 100% de ocupação dos leitos críticos:
Hospital de Campanha Covid-19 (Natal)
Hospital Regional Dr Mariano Coelho – Currais Novos;
Hospital Giselda Trigueiro – Natal;
Hospital Manoel Lucas de Miranda – Guamaré;
Hospital Maternidade do Divino Amor – Parnamirim;
Hospital Municipal Aluizio Bezerra – Santa Cruz;
Hospital Regional de João Câmara;
Hospital Regional Dr Cleodon Carlos de Andrade – Pau dos Ferros;
Hospital Regional Dr. Tarcísio de Vasconcelos Maia – Mossoró;
Hospital Regional Lindolfo Gomes Vidal – Santo Antônio;
Hospital Regional Nelson Inácio dos Santos – Açu;
Hospital Universitário Onofre Lopes – Natal;
Unidade Materno Infantil Integrada de São Paulo do Potengi

Hospitais com 90% ou mais de taxa de ocupação:
Hospital Regional Alfredo Mesquita – Macaíba – 90%;
Hospital Colônia Dr João Machado (Natal) – 93,1%.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.