+ Notícias

Ministro Lewandowski retira sigilo de conversas de Moro com procuradores da Lava Jato

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, retirou o sigilo de parte do diálogo entre o ex-juiz federal Sergio Moro e o promotor da Força Tarefa Lava incluindo o coordenador Deltan Dallagnol. Essas mensagens integram a operação “Spoofing”, que investiga o rastreamento das conversas feitas por celular das autoridades.

Nesta segunda-feira (1º), o conteúdo foi incluído no processo que pede a suspeição do ex-juiz Moro pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. São 50 páginas de diálogos suspeitos, mostrando a relação inadequada entre o juiz e a acusação.

Outros trechos da conversa já haviam sido divulgados na semana passada e revelam que Moro assessorou procuradores no caso do tríplex do Guarujá contra o ex-presidente. Lula foi condenado a 9 anos e 6 meses de prisão, em 12 de julho de 2017.

Na semana passada, o procurador Deltan Dallagnol e outros ex-comandantes da operação Lava Jato pediram que o ministro Lewandowski reconsiderasse a decisão alegando que teriam intimidade e privacidade invadidas por Lula.

Confira a íntegra das conversas.

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo