CIDADANIA

Covid-19: Site colaborativo mapeia locais onde encontrar máscaras de proteção antiviral

Um estudo Instituto de Física da Universidade de São Paulo (USP) comparou os níveis de proteção de máscaras faciais de diferentes tipos e constatou que a PFF2 (equivalente a N95) pode filtrar até 98% das partículas. Enquanto isso, os modelos de tecido variam entre 20% e 60% da capacidade de proteção.

Diferentes estudos, comprovando a eficácia dos modelos PFF2 e N95 e a necessidade de manter medidas eficazes de proteção contra o coronavírus têm levantado a necessidade de divulgação de locais onde os equipamentos podem ser encontrados.  Com esse propósito, foi criado em fevereiro de 2021 o site PFF para todos, que ajuda a divulgar informações sobre locais e preços de venda do equipamento em cidades de todo o país.

“Tudo que é falado é baseado em estudo científicos e as PFFs não são algo novo. Existem há mais de 30 anos e há farta documentação pré-pandemia da eficácia delas em proteger da inalação de gotículas e aerossóis”, explica Pedro Fernandes, um dos fundadores e voluntários do projeto.

No perfil do Twitter @estoque_pff, os organizadores e seguidores divulgam novas ofertas de máscaras e estabelecimentos. Já no @pffparatodos, são divulgadas informações sobre pesquisas relacionadas a eficácia dos equipamentos.

“A pesquisa é feita por nós mesmos. Corremos atrás de estudos científicos de qualidade publicados em revistas conceituadas ou chanceladas por órgãos oficiais, como o CDC (sigla em inglês para Centros de Controle e Prevenção de Doenças, dos EUA) e a OMS”, responde Pedro, indicando que profissionais de áreas diversas atuam voluntariamente nas redes sociais e site.

Seguidores e lojistas entram em contato por meio do site ou redes sociais para informar preços e disponibilidade dos produtos. A função da plataforma é a divulgação, ressalta Fernandes. Portanto, segundo o voluntário, não há qualquer relação comercial entre as lojas e o site. Dessa forma, garante o professor de inglês, os organizadores também não julgam preços praticados pelos vendedores.

“A gente acha que ao facilitar o acesso à população, o próprio mercado se regula com a concorrência entre as lojas”, adiciona.

Somente nos três primeiros meses, a plataforma já teve mais de um milhão de visitantes e atingiu médias de 80 mil a 100 mil visitantes únicos por semana. O site também tem sido citado nos veículos de comunicação e replicado por diversos profissionais em perfis das redes sociais.

A gente vê a informação se espalhando e sendo absorvida e replicada por jornalistas, políticos, médicos, cientistas e pessoas em geral no Twitter”, conta Pedro.

Ele destaca que os números são atingidos mesmo sem qualquer financiamento ao projeto:

“Tudo voluntário no tempo que sobra entre nossas vidas pessoais e sobrevivendo à pandemia”, resume.

O PFF para todos está disponível no link www.pffparatodos.com. No menu ‘Estados’, clicando em Rio Grande do Norte, é possível localizar ofertas de máscaras em Natal, Parnamirim, Areia Branca, Ceará-Mirim e Mossoró.

O estudo citado no início desta matéria foi publicado em inglês na revista Aerosol Science and Technology, e está disponível aqui.

 

 

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo