TRANSPARÊNCIA

RN tem 74 pacientes com covid-19 em estado grave e sem vaga para internação

Na manhã desta segunda (24), o Rio Grande do Norte está com 85 pacientes com covid-19 na fila de espera por um leito crítico (semi-intensivo e UTI), mas apenas 11 vagas disponíveis. São 74 pessoas em estado grave que não têm como ser internadas. Do total de 85 pacientes, 39 estão na região metropolitana de Natal, onde também estão todos os 11 leitos ainda disponíveis, e 46 pacientes estão no interior do estado, onde não há mais vagas para novas internações.

Dos 26 hospitais do estado com leitos críticos para pacientes com covid-19, 21 estão lotados. Na média geral, a taxa de ocupação dos leitos críticos em todo o Rio Grande do Norte é de 97%, chega a 100% no interior, tanto na região Oeste, quanto Seridó, e passa para 95% na região metropolitana de Natal. Até o momento, 795 pessoas com covid-19 já morreram no estado sem conseguir uma vaga para internação.

Apesar da demanda elevada, a tendência é de alta por solicitações de novos leitos nos próximos dias, segundo as projeções do modelo Mosaic-UFRN, utilizado pelo Comitê Científico do Nordeste. Neste domingo (23), foram realizadas 124 solicitações, sendo 82 da região metropolitana da capital. Pelo boletim mais recente também divulgado ontem pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), o RN tinha 257.422 casos confirmados e 84.111 suspeitos de covid-19. Além disso, foram registradas 5.978 mortes provocadas pela doença. A Sesap também divulgou o registro de 131.945 casos de Síndrome Gripal Não Especificada e o acompanhamento de mais 100.795 casos.

Imagem: cedida

   

Decretos Regionais

Diante da situação de piora da covid-19 no interior, pela primeira vez, o Governo do Estado publicou durante este final de semana um decreto regionalizado direcionado a 37 municípios do Rio Grande do Norte.

O documento que, entre outras coisas, proíbe o consumo de bebidas alcoólicas nos espaços públicos e determina a suspensão das aulas presenciais em escolas públicas e privadas, vale até o dia 6 de junho para as cidades de: Água Nova, Alexandria, Almino Afonso, Antônio Martins, Coronel João Pessoa, Encanto Riacho de Santana, Doutor Severiano, Francisco Dantas, Frutuoso Gomes, Itaú, João Dias, José da Penha, Lucrécia, Luís Gomes, Major Sales, Marcelino Vieira, Martins, Olho D´Água dos Borges, Patu, Pau dos Ferros, Paraná Pilões, Portalegre, Rafael Fernandes, Rafael Godeiro, Riacho da Cruz, Rodolfo Fernandes, São Francisco do Oeste, São Miguel, Serrinha dos Pintos, Severiano Melo, Tabuleiro Grande, Tenente Ananias, Umarizal, Venha Ver e Viçosa.

Gráficos: Regulação Lais/ UFRN

 

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo