DEMOCRACIA

As manifestações contra Bolsonaro na sua passagem pelo RN e a luta contra os despejos foram temas do Balbúrdia

Foi pauta do Balbúrdia desta quinta-feira, 24, as manifestações contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na sua passagem pelo Rio Grande do Norte e a luta dos movimentos, organizações e ativistas contra os despejos na pandemia.

Marcada pela aglomeração e o desrespeito às medidas de segurança sanitárias que o momento exige, uma das cenas mais marcantes da visita ao Estado foi a ação do presidente em retirar a máscara de uma criança para que fosse feita uma fotografia.  Além de Bolsonaro, nem um dos ministros potiguares que o acompanharam, Fábio Faria, das Comunicações, e Rogério Marinho, do Desenvolvimento Regional, fizeram uso de máscara.

Mas, sobretudo, a agenda de Bolsonaro no RN foi marcada por protestos. Outdoor, que foi retirado Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), faixas, pintura em asfalto, bandeiras, cartazes e camisas estamparam a insatisfação dos potiguares com o governo federal.

Além de trazer a cobertura, a edição do Balbúrdia desta quinta-feira, 24, contou com a participação da deputada federal Natália Bonavides (PT), do senador Jean Paul Prates (PT) e do coordenador estadual do Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB), Marcos Antonio Ribeiro. Na pauta, o projeto (PL 827/2020) que proíbe o despejo ou a desocupação de imóveis até o fim de 2021 e a luta dos movimentos, organizações e ativistas por moradia.

Por 38 votos favoráveis e 36 votos contrários, o Senado aprovou nesta quarta-feira (23) o projeto. Na prática, o texto suspende os atos praticados desde 20 de março de 2020, exceto aqueles já concluídos. O PL 827/2020, de autoria do deputado André Janones (AVANTE), coautoria das deputadas Natália Bonavides (PT) e Prof. Rosa Neide (PT), teve parecer favorável do senador Jean Paul Prates (PT-RN) e segue agora para sanção presidencial.

O texto retornará à Câmara, tendo em vista aprovação de destaque do senador Luís Carlos Heinze (PP-RS), que exclui os imóveis rurais do âmbito do projeto. Para o coordenador estadual do MLB, Marcos Antonio Ribeiro, um duro golpe da Bancada Ruralista, que atrasa e prejudica a tramitação do PL e mantém em risco milhares de famílias no país.

De acordo com dados da Campanha Nacional Despejo Zero, existem mais de 85 mil famílias ameaçadas de despejo no país.

Confira entrevista na íntegra.

 

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo