Natal é responsável por 37% das mortes por covid-19 no RN, que registra mais de 4 mil casos em menos de uma semana
Natal, RN 16 de jun 2024

Natal é responsável por 37% das mortes por covid-19 no RN, que registra mais de 4 mil casos em menos de uma semana

12 de junho de 2021
Natal é responsável por 37% das mortes por covid-19 no RN, que registra mais de 4 mil casos em menos de uma semana

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Entre a segunda (7) e a sexta (11), foram registrados no Rio Grande do Norte mais 4.020 casos e 126 mortes decorrentes da covid-19. Pelo boletim epidemiológico mais recente divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) na sexta, o estado tem 279.390 casos confirmados (eram 275.370 no início da semana) e 6.421 óbitos (eram 6.295 dia 7) provocados pelo novo coronavírus. Sozinha, Natal tem 70.007 casos confirmados e 2.418 mortes por covid, o equivalente a 25% dos casos e 37% das mortes de todo o Rio Grande do Norte.

Os números ainda podem mudar, já que a Sesap investiga 91.578 casos e 1.350 mortes suspeitas de covid-19. Além disso, o Rio Grande do Norte tem 131.930 casos de Síndrome Gripal Não Especificada, que são casos suspeitos para os quais não foi possível realizar diagnóstico laboratorial, muitas vezes, por causa de problemas na coleta de material para exame.

Neste sábado (12), o sistema de Regulação do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde da UFRN (Lais/ UFRN) apontava para uma fila de 22 pessoas no aguardo por um leito crítico (semi-intensivo e UTI), mas a existência de 32 vagas disponíveis. O problema é que a maioria dos leitos que podem receber pacientes estão na região metropolitana de Natal, enquanto a maior demanda segue no interior. São nove pacientes aguardando internação na Grande Natal, que dispõe de 31 vagas. Enquanto isso, 13 pacientes disputam uma única vaga disponível no interior.

Dos 26 hospitais com leitos críticos no estado, 16 estão com 100% de ocupação. Outros quatro estão com taxa de ocupação que varia entre 90% e 98%, já em outros três cerca de 87% dos leitos estão ocupados. De maneira geral, a taxa de ocupação dos leitos críticos no Rio Grande do Norte é de 91%, está me 99% na região Oeste, 91% na região metropolitana e 77% no Seridó. Até este sábado, 888 pessoas morreram à espera de um leito crítico no Rio Grande do Norte.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.