Cerca de 750 pessoas em situação de rua foram vacinadas contra a covid-19 em Natal
Natal, RN 24 de mai 2024

Cerca de 750 pessoas em situação de rua foram vacinadas contra a covid-19 em Natal

4 de agosto de 2021
Cerca de 750 pessoas em situação de rua foram vacinadas contra a covid-19 em Natal

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), aproximadamente 750 dessas pessoas já foram imunizadas na capital. O número diverge dos cadastros de vacinados no RN + Vacina, plataforma segundo a qual apenas 45 foram vacinados.

Em Natal, a população em situação de rua é estimada em 1.214 pessoas, segundo plataforma de Business Intelligence (BI) do Ministério Público Federal e Secretaria Municipal de Saúde de Natal (SMS) – a partir das bases de dados do Centro Pop, Cadunico, E-SUS, SMS e RN+Vacina.

O conselheiro nacional de saúde e coordenador do Movimento Nacional da População em Situação de Rua, Vanilson Torres, acredita que esse número está subnotificado, já que o Cadunico não é atualizado desde 2018, segundo ele, e cita estudo elaborado pelo Programa Transdisciplinar Polos da Cidadania da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

De acordo com relatório técnico-científico “Dados referente ao fenômeno da população em situação de rua no Brasil” (abril/2021), no Rio Grande do Norte há 1.345 pessoas vivendo em situação de rua, mas apenas 63,04% das delas possuem cadastros atualizados e 96,5% estão incluídas em grupo vacinável. Em Natal, aqueles que têm cadastros atualizados são 55,11%.

O relatório também ressalta que o Plano de Vacinação apresentado pelo Ministério da Saúde indicou um total de 66.963 pessoas em situação de rua no país. Entretanto, com base no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, 160.097 é o número correto, em março de 2021, sendo 155.085 que devem ser vacinar.

Em maio, os ministérios públicos Federal (MPF), do Rio Grande do Norte (MPRN), do Trabalho no RN (MPT-RN) e a Defensoria Pública do Estado (DPE/RN) firmaram acordo de cooperação técnica com a SMS e a Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas) de Natal para identificar o quantitativo e a localização de pessoas em situação de rua na capital, bem como suas condições de comorbidades ou deficiências, a fim de promover a adequada vacinação desse grupo populacional.

Mas Vanilson lembra que no dia 26 daquele mês apenas cinco pessoas desse grupo haviam sido vacinadas. Diante disso, foi necessário mudar a estratégia para imunização.

Assim, foram realizados mutirões chamadas para esse público nos dias 29 de março; 7 de abril; 10 de junho; 23 de junho; 30 de junho e 1º de agosto, nos centros assistenciais Centro Pop e Abrigo 24 h, na Toca de Assis e de forma itinerante, por meio do programa Consultórios na Rua, com busca ativa para imunização.

“Nós estamos construindo e pensando em toda a metodologia pra vacinar. A responsabilidade era de Natal fazer isso, mas não trouxe uma metodologia. Contribuímos com a busca ativa, conscientização, levar essa galera de ônibus para os pontos fixos...”, explica Vanilson Torres.

Também foi acordado, por intermediação dos ministérios públicos, com a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) a priorização de doses da fabricante Janssen para pessoas em situação de rua, por ser vacina em dose única, facilitando a completa imunização desse grupo.

No domingo (1º), 118 pessoas receberam imunização, 15 com a segunda dose da AstraZeneca e 103 com a vacina de dose única, Janssen.

O representante do movimento alerta sobre a desistência de muitas pessoas em tomar a segunda dose: “O que prejudica muito é reencontrar, e também as reações adversas. Se pra quem tem moradia é complicado, imagine alguém que está na rua, sem amparo nenhum”.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.