CULTURA

Lula chora em Natal ao lembrar jingle da campanha em 1989 em reencontro com compositor da canção

O ex-presidente Lula foi às lágrimas nesta terça-feira (24) ao ouvir o jingle criado para a campanha presidencial de 1989 durante um encontro organizado em Natal com ativistas de movimentos sociais e da cultura.

Entre os artistas convidados estava Hilton Acioli, de 82 anos, natural de Nísia Floresta e compositor de “Lula lá”. A canção que, segundo o ex-presidente, “permitiu que a gente fizesse a campanha mais emocionante da história desse país”, foi interpretada pela cantora Cida Lobo, acompanhada de um acordeom.

Ao final da apresentação, Lula não segurou a emoção e, bastante emocionado, disse que a música mexe com ele ainda hoje:

– Eu disputei eleições em 94, 98, 2002, já ganhei eleição, mas acredito que nunca mais alguém consiga fazer uma música que fale o sentimento e a linguagem do povo naquele momento. Era a primeira eleição para presidente. E essa música permitiu que a gente fizesse a campanha mais emocionante da história desse país. Essa música mexia com o coração e mexia com a mente do povo brasileiro, já fazem quase 35 anos e eu continuo me emocionando com ela da mesma forma que eu me emocionava em 1989. Eu já fui candidato muitas vezes, mas ela sempre era melhor que a música que estava tocando na campanha (daquele ano)”, disse o ex-presidente, sem conseguir segurar as lágrimas.

Lula está em Natal desde segunda-feira (23) e vem percorrendo algumas capitais do Nordeste para ouvir lideranças locais e ajudar na articulação para a formação de chapas para as eleições de 2022. Antes da capital potiguar, ele já havia passado por Recife, Teresina, São Luís, Fortaleza e segue nesta quarta para Salvador.

Logo após o desembarque, Lula foi recepcionado com um jantar na casa do senador Jean Paul Prates, participou de ato com secretários de Estado e servidores públicos na sede do Governo do Estado, almoçou com empresários, recebeu o deputado federal e presidente estadual do PSB Rafael Motta, conheceu equipe do filme Sideral, primeira produção potiguar a disputar a Palma de Ouro no festival de Cannes, participou de encontro com ativistas de movimentos sociais e da cultura e jantou com o ex-ministro Garibaldi Alves Filho e o deputado federal Walter Alves.

Nesta quarta-feira (25), Lula deve participar do encontro com os governadores do Nordeste, marcado para o Centro de Convenções e na sequência dará uma entrevista coletiva. À tarde, o ex-presidente segue para a Bahia, onde encerra essa primeira agenda de visitas

Parceiro de Geraldo Vandré

O compositor de “Lula lá” Hilton Acioli nasceu no município de Nísia Floresta em 1939 e mudou para São Paulo em 1956. De acordo com o dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira, assim que chegou à capital paulista ele iniciou a carreira artística como integrante do Trio Marayá.

O potiguar conquistou o 1º lugar no Terceiro Festival Universitário da Música Popular Brasileira com a música “Pra quê lagoa, se eu não tenho canoa”, gravada pelo Trio Marayá. Em 1968, iniciou parceria com o Geraldo Vandré dividindo com ele as músicas “Ventania”, “O plantador”, “João e Maria” e “Guerrilheira”, gravadas por Vandré no LP “Canto geral”. No mesmo ano fez acompanhamento instrumental para Vandré nas músicas “Companheira” e “Terra plana” gravadas no LP “Momento universitário volume II” lançado pela EMI Odeon. Em 1979 Acioli criou arranjos e regências para o LP “Eterno como areia”, de Diana Pequeno.

O jingle “Lula lá” foi composto em 1989 para a campanha do então candidato à presidência da República pelo PT. A música foi lançada no CD “O som da estrela do PT”, com nove músicas de sua autoria.

Hilton Acioli teve músicas gravadas por Diana Pequeno, Trio Marayá, Rolando Boldrin, Maria Odete e outros.

Confira a letra de “Lula lá”

Passa o tempo e tanta gente a trabalhar
De repente essa clareza pra votar
Sempre foi sincero de se confiar
Sem medo de ser feliz
Quero ver você chegar

Lula lá, brilha uma estrela
Lula lá, cresce a esperança
Lula lá, o Brasil criança
Na alegria de se abraçar

Lula lá, com sinceridade
Lula lá, com toda a certeza pra você
Seu primeiro voto
Pra fazer brilhar nossa estrela

Lula lá, é a gente junto
Lula lá, valeu a espera
Lula lá, meu primeiro voto
Pra fazer brilhar nossa estrela

 

 

 

 

 

 

 

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo
Jornalista e autor da biografia "O homem da Feiticeira: A história de Carlos Alexandre"