“Sem legitimidade é difícil gerir uma instituição”, avalia reitor do IFRN após queda do último interventor de um Instituto Federal no país
Natal, RN 22 de mai 2024

“Sem legitimidade é difícil gerir uma instituição”, avalia reitor do IFRN após queda do último interventor de um Instituto Federal no país

10 de agosto de 2021
“Sem legitimidade é difícil gerir uma instituição”, avalia reitor do IFRN após queda do último interventor de um Instituto Federal no país

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

O professor de Educação Física do Instituto Federal do Rio Grande do Norte José Arnóbio de Araújo Filho ocupa o cargo de reitor eleito da instituição há 6 meses, mas poderia estar 10 meses a mais no exercício da função. Precisamente, desde abril de 2020, quando o ex-ministro da Educação Abraham Weintraub nomeou o interventor Josué Moreira para o lugar dele.

A nomeação aconteceu à revelia da comunidade do IFRN e com um agravante: Moreira sequer participou do pleito, que terminou com Arnóbio eleito com 48,6% dos votos. Diferentemente das universidades federais, que encaminham ao MEC uma lista tríplice para a livre escolha do presidente da República, o regimento interno dos institutos federais prevê que a nomeação do reitor deve obedecer a decisão popular.

Durante o governo Bolsonaro, pelo menos três IFs sofreram intervenção na reitoria. Além do Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro e Santa Catarina também passaram por ataques semelhantes. Na segunda-feira (6), caiu o último interventor. O professor Maurício Gariba Júnior retomou o posto para o qual foi eleito. Pela porta dos fundos, saiu André Dala Possa.

Para Arnóbio Araújo, o impacto da intervenção sobre o tripé “ensino, pesquisa e extensão” só não foi pior no IFRN porque os diretores gerais tiveram que tomar posse. Ele também faz questão de valorizar o papel e a independência dos conselhos:

- A intervenção impactou de forma negativa. E só não foi pior porque tínhamos a legitimidade dos diretores gerais que foram eleitos e tiveram que ser empossados. Se além do reitor pro-tempore tivéssemos tido diretores pro-tempores com certeza o dano tinha sido muito maior. Então, o que fez com que o dano não fosse maior foram os diretores eleitos que foram empossados e os nossos conselhos, que seguraram as barras mais pesadas durante os 8 meses de intervenção”, destacou.

Saiba Mais: Cai o último interventor dos Institutos Federais: reitor eleito de Santa Catarina é nomeado

José Arnóbio de Araújo Filho tomou posse em 5 de fevereiro de 2021, 10 meses após ter sido negada a nomeação dele / foto: cedida

Durante os 10 meses de intervenção de Josué Moreira, sobraram truculência, falta de diálogo e até tentativa de censura à imprensa. O ex-interventor acionou a agência Saiba Mais na Justiça para que o veículo retirasse do ar uma entrevista publicada com o reitor eleito José Arnóbio no dia 20 de abril, quando Moreira foi nomeado no lugar de Arnóbio.

A questão central, para o reitor, é a legitimidade. Numa instituição de ensino, com tanta diversidade, o diálogo é fundamental:

- Sem legitimidade é muito difícil você gerir uma instituição, principalmente uma instituição pública de ensino. E isso é muito complexo porque essas pessoas não tinham legitimidade. Então essas pessoas partiram para outra forma de administrar a instituição, onde o diálogo é essencial. Se não bastasse tudo isso a gente tem outros problemas. Eles demoraram a fazer a composição das equipes, com pessoas que não conheciam o dia-a-dia e a nossa estrutura, o que comprometeu nosso fazer. Então os oito meses de administração pro-tempore vivenciados no IFRN deixaram sequelas muito ruins. Por desconhecimento, falta de legitimidade, por inoperância de ações. Acabou que prejudicou todas as ações da instituição”, reflete.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.