Brasil conquista ouro inédito em Tóquio no goalball com ajuda de potiguar
Natal, RN 20 de mai 2024

Brasil conquista ouro inédito em Tóquio no goalball com ajuda de potiguar

3 de setembro de 2021
Brasil conquista ouro inédito em Tóquio no goalball com ajuda de potiguar

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

A seleção brasileira masculina de goalball conquistou uma inédita medalha de ouro nas Paralimpíadas de Tóquio 2020 nesta sexta (3). O time venceu a China por 7x2. O potiguar Romário Marques, capitão do time, foi o autor de um dos gols e foi um dos destaques do jogo.

O Brasil deixa o Japão com seis vitórias e uma derrota. Com o ouro, o quadro de medalhas do time fica completo. O time já tinha uma medalha de prata conquistada em Londres, no ano de 2012, e um bronze das olimpíadas realizadas no Rio de Janeiro, em 2016.

https://twitter.com/cpboficial/status/1433773232415551488?s=08

Quem é Romário Marques?

Romário tem 32 anos e está em sua quarta Paralimpíada. Seu nome foi uma homenagem prestada pelo pai ao Romário do futebol, que estava começando a se destacar mundialmente quando o filho nasceu. Capitão da seleção brasileira desde 2018, Romário atua como pivô, que tem papel fundamental para a defesa do time. Nascido em Natal, o jogador potiguar foi acometido por retinose pigmentar, doença degenerativa que costuma se manifestar ainda na infância e que causa deficiência visual grave.

O craque potiguar começou no goalball em 2005 e três anos depois, já estava na seleção brasileira nos Jogos de Pequim, em 2008.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.