Fogo de Palha: texto do jornalista Carlos de Souza é adaptado e encenado pelo grupo Teart
Natal, RN 25 de mai 2024

Fogo de Palha: texto do jornalista Carlos de Souza é adaptado e encenado pelo grupo Teart

11 de novembro de 2021
Fogo de Palha: texto do jornalista Carlos de Souza é adaptado e encenado pelo grupo Teart

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Fragmentos da história do teatro de Natal estão sintetizados de forma bem humorada em “Fogo de Palha”. O espetáculo, do grupo Teart, é uma livre adaptação do livro “É Tudo Fogo de Palha” (2006), do jornalista e escritor potiguar Carlos de Souza, Carlão, que faleceu em agosto de 2019, aos 60 anos de idade. A homenagem se estende ainda à primeira atriz da capital potiguar, Maria Epifânia, e ao primeiro a organizar um grupo de teatro, Matias Carlos.

A peça reúne elementos musicais, do teatro épico, do teatro de bonecos e da cultura popular. As apresentações vão do sábado (13) ao feriado da segunda-feira (15), sempre a partir das 17h, na Casa do Poeta Espaço Cultural, Ribeira. Os ingressos custam R$ 30 e R$ 15 (meia). A compra deve ser feita por meio de PIX para 16601802000197 e o comprovante enviado para o WhatsApp 9 8861-3318.

As vagas são limitadas. Será obrigatório o uso de máscara no local e a apresentação da carteira de vacinação com registro de pelo menos uma dose de imunizante contra a covid-19.

A direção é de Bárbara Cristina, que foi atraída pela obra ao encontrá-la em um sebo da cidade. “O meu interesse foi exatamente porque estava em formato de teatro e contava a história do primeiro grupo de teatro de Natal, tinha fatos reais dentro da literatura”, disse ela, ao lembrar que além da pesquisa, participou como atriz de montagem da peça em uma disciplina da Graduação em Teatro, na Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Agora voltou ao texto adaptando-o em parceria com Wandeson Alves, que também está em cena. “O livro trazia muitos personagens, era muito grande a dramaturgia, e precisávamos de algo menor pra caber no espetáculo. Tinha vários elementos, muita música, tinha uma fanfarra”, justificou a diretora.

A montagem e a estreia, realizada em setembro, foram viabilizadas por meio da Lei Aldir Blanc. O figurino é assinado por Kátia Dantas e os bonecos são de Beto Villar. A trilha sonora é composta por canções como Ranchinho de Palha, de Chico Elion, e Serenata dos Pescadores, de Eduardo Medeiros e Othoniel Menezes. Também tem música original, de Ranieri Fernandes, que atua junto com Karina Oliveira, Mychell Ferreira e Juciê Borges, além de Wandeson.

O jornalista Alex de Souza, filho de Carlão, já assistiu ao espetáculo e gostou do resultado: “Eles têm um respeito, uma reverência grande ao texto, muita coisa foi mantida. Pra mim, eles foram muito felizes com as soluções cênicas que adotaram, os cortes dos personagens, a forma como organizaram”.

Alex diz que para a família do escritor trata-se de uma “homenagem maravilhosa”, uma forma de manter vivo o trabalho literário do pai e resgatar o texto, que é uma obra pouco conhecida. O livro teve poucos exemplares impressos.

“Agora as pessoas podem conhecer. É uma mensagem muito bacana, que fala sobre o amor à arte e critica um pouco a mediocridade natalense. É um muito interessante”, avalia o jornalista, ao confessar que Carlos de Souza por muito tempo teve um certo ressentimento ligado à obra.

“O livro tem 15 anos e ele guardava muita mágoa porque não tinha interessado a ninguém montar. Ele até tinha falado com uma pessoa de teatro, mas o projeto não andou. E aí quando a Bárbara o procurou, ele ficou muito feliz”, contou, lembrando que a dramaturga chegou a pedir autorização para trabalhar o texto e ele viu ainda alguns ensaios e uma leitura dramática feita na universidade, mas se foi antes do espetáculo estar pronto, como pode ser visto no próximo final de semana.

Serviço | Espetáculo “Fogo de Palha”
Data: 13, 14 e 15 de novembro de 2021
Horário: a partir das 17h
Lugar: Casa do Poeta (Rua Chile, 63, Ribeira)
Ingressos: PIX 16601802000197, com envio de comprovantes para o WhatsApp 9 8861-3318

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.