Waldonys apaga publicação misógina que comemorava morte de mulher
Natal, RN 20 de jul 2024

Waldonys apaga publicação misógina que comemorava morte de mulher

1 de novembro de 2021
Waldonys apaga publicação misógina que comemorava morte de mulher

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

O cantor, sanfoneiro e paraquedista Waldonys publicou em seu perfil no Instagram, nesta segunda-feira (1º), uma “piada” em que a morte de uma mulher representava a paz do marido. Momentos depois, após receber comentários negativos, o artista apagou a imagem, mas não se desculpou. Ao contrário, fez nova publicação, pedindo “menos amargura”, sem mencionar o episódio.

“Luto”, anunciava o primeiro post. “Hoje o meu querido amigo de longa data e muitas cachaças... José Antônio (Zé Cachaça), depois de muito sofrimento, encontrou a eterna paz... O corpo de sua esposa será velado as 18:00 horas na Capela 1 do Cemitério Municipal...”.

Em um dos comentários, uma fã alertou que aquele tipo de coisa não deve ser considerada brincadeira. “(...)Vivemos em um país que mata mulheres a rodo. O feminicídio é absurdo e grita nas estatísticas e o machismo impera com suas consequências nefastas (...)”, escreveu.

Algumas horas depois, o artista, que tem na rede social 186 mil seguidores, publicou uma imagem sorrindo com a frase “Para quê levar a vida tão a sério, se a vida é uma alucinante aventura da qual jamais sairemos vivos. (Elbert Hubbard)”.

“O humor toca a filosofia, toca a poesia. Mais humor, mais amor, por favor 🙏🏼 Menos amargura, menos julgamentos. Cada vez que você julga alguém, você revela uma parte sua que precisa ser curada. Nunca economize gentileza, sorrisos e bom humor. O tempo para ser feliz é agora. O lugar para ser feliz é aqui. Beijos no coração 🙏🏼🪗🎤✈️🎶📖”, escreveu na legenda.

No dia anterior, Waldonys havia compartilhado nos stories outra demonstração de machismo, um post do Blog do BG sobre um homem que teria pedido para voltar a uma prisão na Itália para não ficar com a companheira em casa.

Marketing

Em agosto deste ano, Waldonys se tornou embaixador da campanha “Justiça pela Mulher – O Judiciário e Você contra a Violência Doméstica”, promovida pelo Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), com o slogan “Cole essa ideia”, e gravou vídeo em que aparece com o adesivo do logotipo da campanha.

“Não deixe a violência doméstica chegar à sua casa nem na casa de ninguém. Seja violência física, psicológica, moral, sexual ou patrimonial. Nos primeiros sinais, denuncie”, alertava o artista, informando ainda os canais de denúncia: 180 (Central de Atendimento à Mulher) e 190 (polícia).

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.