Agressão de Ratinho contra Natália Bonavides está entre assuntos mais comentados do Twitter no Brasil
Natal, RN 24 de mai 2024

Agressão de Ratinho contra Natália Bonavides está entre assuntos mais comentados do Twitter no Brasil

16 de dezembro de 2021
5min
Agressão de Ratinho contra Natália Bonavides está entre assuntos mais comentados do Twitter no Brasil

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

A agressão do apresentador do SBT Carlos Massa, o Ratinho, contra a deputada federal Natália Bonavides (PT/RN) é uma dos 10 assuntos mais comentados nesta quinta-feira (16) no Twitter. Durante o programa de rádio, o apresentador sugeriu "eliminar" a deputada com uma metralhadora. O programa Turma do Ratinho é veiculado na Massa FM São Paulo 92,9. O comentário do apresentador do SBT foi dito na sequência da informação de um projeto apresentado pela petista que vem sendo alvo de ataques e mentiras.

A agressão do apresentador gerou uma enxurrada de comentários de solidariedade à deputada do RN. Praticamente todos os veículos de comunicação do País também reproduziram as palavras de Ratinho. Na manhã desta quinta (16), políticos e partidos políticos também se pronunciaram em solidariedade à Natália. O ex-presidente Lula escreveu no Twitter que é "Inaceitáveis as falas machistas e de incitação à violência de gente atrasada. Lugar das mulheres é onde elas quiserem, inclusive na política, que precisa de mais pessoas de luta e fibra como você"

Querida companheira deputada @natbonavides Inaceitáveis as falas machistas e de incitação à violência de gente atrasada. Lugar das mulheres é onde elas quiserem, inclusive na política, que precisa de mais pessoas de luta e fibra como você.

— Lula (@LulaOficial) December 16, 2021


A Governadora Fátima Bezerra também se pronunciou: "A violência política e de gênero praticada contra a deputada
@natbonavides é inconcebível e não pode mais existir em nosso país. Incitar a violência é crime. Não é a isso que se devem prestar as concessões públicas. Seguiremos ocupando espaços na política para desespero daqueles que se acham no direito de dizer o lugar onde devemos estar. Iludidos! O nosso lugar é onde nós quisermos!"

A violência política e de gênero praticada contra a deputada @natbonavides é inconcebível e não pode mais existir em nosso país. Incitar a violência é crime. Não é a isso que se devem prestar as concessões públicas.

— Fátima Bezerra (@fatimabezerra) December 16, 2021


A agressão
Ratinho se pronunciou no programa de rádio sobre a proposta de Bonavides que muda o Código Civil para garantir que pessoas LGBTQIA+ não sofram discriminação na hora do casamento. No caso específico de união entre pessoas do mesmo sexo, o projeto sugere a expressão “firmado o casamento” ao invés de “vos declaro marido e mulher” para incluir todas as formas de casais. No entanto, blogs, sites e ativistas de extrema-direita vem divulgando que a deputada quer extinguir tal manifestação de todo e qualquer casamento:

"A gente tinha que eliminar esses loucos, não dá para pegar uma metralhadora ? Natália, você não tem o que fazer, minha filha ? Vai lavar a roupa, costurar a cueca do seu marido. Isso é uma imbecilidade mudar esse tipo de coisa", disse Ratinho, apresentador do SBT

Deputada expôs a agressão
Natália Bonavides se pronunciou sobre mais essa ameaça, dessa vez de repercussão nacional. Segundo ela, os ataques não ficarão impune e vai além: como o programa foi transmitido por uma concessão pública, no caso a Massa FM São Paulo 92,9, a petista vai acionar a concessionária na Justiça também:

– O apresentador Ratinho sugeriu que eu fosse metralhada, em programa visto por milhares de pessoas. Incitar homicídio é crime. Ele coloca a minha vida e minha integridade física em risco. Ratinho ainda disse que eu fosse lavar as cuecas do meu marido. Essas ameaças não vão ficar impunes. O apresentador utilizador uma concessão pública para cometer crime. Vamos acioná-lo judicialmente, inclusive criminalmente”. Natália Bonavides, deputada federal pelo PT/RN

Deputada vai à Justiça contra Ratinho
A assessoria jurídica de Natália Bonavides vai se reunir nesta quinta-feira (16) para definir as estratégias na Justiça, mas adiantou que as agressões não ficarão impunes:

– Tanto o apresentador quanto a concessionária serão acionados cível, penal e administrativamente”, informou o advogado Gustavo Barbosa.

Solidariedade

Várias pessoas, públicas e anônimas, manifestaram solidariedade à parlamentar do PT no Rio Grande do Norte. A deputada federal Marília Arraes (PT/PE) classificou os ataques como “absurdos”:

– Quanto absurdo em tão poucas palavras. Tinha que vir de um rato como esse mesmo. Conte comigo, Natália Bonavides, não vamos permitir que tanto ódio, misoginia e falta de civilidade seja normalizado”, escreveu.

Veja outras palavras de apoio à Natália:

Não é surpreendente que a @natbonavides tenha sido atacada de maneira vil por um tipo como esse ratinho. Mas é lastimável que no Brasil a ameaça esteja sendo naturalizada, desde que Bolsonaro começou a fazer arminha pra todo lado, como se fosse bacana. Meu apoio à deputada. https://t.co/eXC62zwcKn

— Marcia Tiburi (@marciatiburi) December 16, 2021

Força companheira Natália, querida. Minha solidariedade diante dos ataques destas figuras nefastas. 💐

— Maria do Rosário (@mariadorosario) December 15, 2021

Um pequeno rato. Toda solidariedade desse mundo!

— xico sá (@xicosa) December 16, 2021

Um pequeno rato. Toda solidariedade desse mundo!

— xico sá (@xicosa) December 16, 2021

Outras mensagens de apoio podem ser lidas na postagem que Natália Bonavides fez no Twitter. Confira:

O apresentador Ratinho sugeriu que eu fosse metralhada, em programa visto por milhares de pessoas. Incitar homicídio é crime! Ele coloca a minha vida e minha integridade física em risco. Ratinho ainda disse que eu fosse lavar as cuecas de meu marido. pic.twitter.com/X3YcT9Q3nl

— Natália Bonavides (@natbonavides) December 15, 2021

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.