CULTURA

Cancelada exposição prevista para reabertura da Pinacoteca do RN; artistas denunciam más condições

A Fundação José Augusto (FJA) informou sobre o cancelamento da exposição “Diálogos Contemporâneos” que seria aberta na reinauguração da Pinacoteca do Estado. Segundo nota, foi por “questões técnicas”. O Palácio Potengi será entregue à população após reforma neste sábado (4). Haverá cerimônia às 10h com autoridades políticas e, a partir das 17h, apresentações das bandas Skarimbó, Luísa e os Alquimistas e Cordel do Fogo Encantado (PE) na Praça 7 de Setembro.

A curadoria da mostra era assinada por Sofia Bauchwitz, Sanzia Pinheiro e Diego Souza, sob a coordenação do artista visual João Natal. A visitação seguiria até abril de 2022, mas nesta sexta-feira (3), um dia antes da vernissage, os artistas denunciaram que o espaço não tem condições de receber eventos.

“A situação da Pinacoteca do Rio Grande do Norte e de seu acervo não está em clima de reabertura. As reformas inacabadas, com detalhes por terminar, acervo sem restauro e jogado no canto de uma sala, além de diversos outros problemas escancaram a forma como o governo do estado está tratando o setor das artes visuais e a cultura potiguar”, diz texto compartilhado nas redes sociais pelo fotógrafo João Oliveira, que questiona se a governadora Fátima Bezerra teria conhecimento do que está acontecendo por trás dos tapumes da obra.

O artista, em nome dos participantes da mostra, também critica o investimento alto em shows musicais, quando o equipamento cultural reaberto é destinado às artes visuais: “Ao invés de ser marcado por uma exposição como há tempos não temos por aqui, foi pensado para ser um espetáculo de pirotecnia. Para os shows o governo destinou aproximadamente R$100.000,00 (cem mil reais) conforme o próprio Diário Oficial, com inexigibilidade de licitação. Para as artes visuais, o valor prometido para cada artista foi de cerca de R$900,00 (novecentos reais), ainda não pago e sem contratos assinados”.

“Sem estrutura, sem respeito aos artistas, ao setor das artes visuais e a população do RN, a Fundação José Augusto quer empurrar uma agenda de abertura de um prédio público que não está pronto para receber uma exposição e o público. Parabenizo a curadoria da exposição que se retirou desse processo desrespeitoso com a arte do RN. Agradeço o convite para expor e reitero que sigo na luta pela cultura do nosso estado”, conclui, ao marcar perfis de autoridades.

Em nota, a direção da FJA disse que respeita a decisão de cancelamento da mostra, agradece o esforço e reafirma o diálogo sempre aberto com os artistas e fazedores de Cultura do RN.

Exposição

Desse modo, será aberta neste sábado (4) uma mostra do acervo próprio do Governo do Estado composta por 60 obras de artistas históricos como como Newton Navarro, Maria do Santíssimo, Abraham Palatinik, Dorian Gray Caldas, Zaíra Caldas, entre outros.

A exposição ficará aberta ao público de terça a domingo, no horário das 8h às 16h30.

Saiba Mais:

Pinacoteca do RN será reaberta com exposição e shows no próximo sábado, 4 de dezembro

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo