Mulher que abriga pessoas em situação de rua em Natal tem fachada de casa pintada por voluntários
Natal, RN 17 de mai 2024

Mulher que abriga pessoas em situação de rua em Natal tem fachada de casa pintada por voluntários

8 de dezembro de 2021
Mulher que abriga pessoas em situação de rua em Natal tem fachada de casa pintada por voluntários

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

A casa de Cida Melo, a moradora do centro da cidade de Natal que recebe pessoas em situação de rua em sua própria residência, está ganhando novas cores. É que depois da matéria publicada pela Agência Saiba Mais em 10 de outubro, o trabalho voluntário que ela faz ganhou repercussão nacional e um grupo de artistas se ofereceu para transformar a fachada da casa com arte em grafite.

Para quem não lembra da história, Cida deixou o apartamento em que vivia no Edifício 21 de Março, em frente à praça Padre João Maria, para uma casa na esquina das ruas Professor Zuza com a Santo Antônio, na Cidade Alta. A mudança teve um único motivo, a busca por um espaço maior para poder receber as pessoas em situação de rua que vivem pelo centro de Natal e que ela já costumava ajudar fazendo e distribuindo refeições.

Na casa, Cida oferece abrigo para dormir, alimentação, banho, enfim, a atenção que muitos de nós não costumamos dispensar a pessoas estranhas e nem sempre “bem vestidas”. Para manter a casa, Cida conta apenas com o salário do marido e com doações. Ela não possui convênio com qualquer órgão do estado, município ou União.

Cida, na frente da casa I Foto: cedida

Conheça nossas websotries:

https://saibamais.jor.br/web-stories/mulher-abriga-em-casa-moradores-de-rua/
https://saibamais.jor.br/web-stories/como-esta-morador-de-rua-2o-lugar-enem/

Confira as matérias que nós fizemos durante visita à casa de Cida:

A mulher que abriu a porta da própria casa para acolher moradores de rua em Natal

Por onde anda o morador de rua que foi 2º lugar no Enem de 2017 na UFRN?

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.