“Somos a favor da gratuidade do circular”, garante Reitoria da UFRN a estudantes
Natal, RN 24 de mai 2024

“Somos a favor da gratuidade do circular”, garante Reitoria da UFRN a estudantes

3 de dezembro de 2021
“Somos a favor da gratuidade do circular”, garante Reitoria da UFRN a estudantes

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Em reunião com representantes do Diretório Central dos Estudantes (DCE/UFRN) na manhã desta sexta-feira (3), a Reitoria explicou sobre como se deram as negociações com a Prefeitura de Natal para o retorno da linha circular 588, disponível no Campus Central da Universidade Federal do rio Grande do Norte antes da pandemia, que desde a década de 90 oferecia transporte gratuito.

A Secretaria de Mobilidade Urbana instituiu a tarifa de R$ 3,20 na quarta-feira (1º), sem avisar aos mais afetados, os docentes.

O reitor em exercício, Henio Ferreira, ressaltou que a UFRN está ao lado dos estudantes em busca de soluções para o atual modelo implementado. “Somos a favor da gratuidade do circular e temos apresentado essa demanda em todas as tratativas já realizadas anteriormente”, destacou.

A chefe de gabinete da Reitoria, Magda Pinheiro, contou sobre diversas reuniões já realizadas pela UFRN desde 2020 com órgãos legalmente responsáveis pelo serviço e órgãos do poder Judiciário, no esforço da instituição pela retomada da linha. Entretanto, UFRN também não havia tratado do fim da gratuidade com os alunos.

Na ocasião, os representantes do DCE entregaram um ofício, em que convidam a Reitoria da UFRN a participar de reunião entre a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU), o DCE e a Comissão de Mobilidade Urbana da Câmara Municipal. A presença da Universidade no encontro foi confirmado pelo reitor em exercício.

A UFRN comunicou que a gestão universitária tem dialogado com a Prefeitura do Natal, o Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos (Seturn), a Procuradoria Federal, o Ministério Público Federal, o Ministério Público do RN, a Defensoria Pública da União e a Defensoria Pública Estadual.

Saiba Mais:
Estudantes são agredidos durante protesto na STTU e vereadores pressionam por volta de circular gratuito na UFRN
“Não vamos aceitar a tarifa do circular da UFRN”, garantem estudantes que convocam novo ato para a sexta

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.