CIDADANIA

Vídeo: estudantes da UnP protestam contra aumento de mensalidades

Um grupo de estudantes da Universidade Potiguar (UnP) realizou, na noite da segunda-feira (20), uma manifestação contra o aumento das mensalidades. “Educação não é mercadoria – não ao aumento abusivo das mensalidades”, dizia uma das faixas estendidas em frente à unidade da avenida engenheiro Roberto Freire, em Capim Macio.

“A conta não fecha – pra onde vai tanto dinheiro?”, questionava a outra, virada para o fluxo de carros que passavam. Com alto falante, uma estudante gritou: “A gente quer ter voz, somos o futuro de uma nação, uma nação que está em declínio. Por favor, apoiem a nossa causa”.

A Agência Saiba Mais questionou a UnP sobre o percentual desse aumento, mas em nota, a instituição privada de ensino informou apenas que os reajustes são anuais, de acordo com a Lei nº. 9.870/99 e conforme previsto em contrato firmado com seus estudantes. Alunos informam que o aumento foi de 11,5%.

“A variação de custos da instituição, bem como os investimentos realizados constantemente para garantir qualidade acadêmica e aprimoramento do curso como um todo, compõem o percentual”, comunicou.

“Importante destacar que para a instituição a transparência é fundamental. Por isso, tão logo a decisão foi tomada, toda a comunidade acadêmica foi informada, assim como foram realizadas reuniões com as lideranças estudantis. Também estão disponíveis, em todas as unidades, as planilhas que autorizam a recomposição, em atendimento à Lei 9.870/99 e ao Decreto nº 3.274/1999 que a regulamenta”, seguiu o argumento, ao declarar ainda que “a UnP reforça o canal aberto com seus estudantes e o compromisso da instituição no seu aprimoramento constante para oferecer a melhor formação e as melhores vivências aos alunos(as)”.

Confira vídeo:

 

 

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo
Isabela Santos é jornalista e repórter da agência Saiba Mais