ANÁLISE: Pré-candidatura de Ezequiel ao Governo pode ter sido lançada apenas “para ocupar espaço” político e midiático
Natal, RN 13 de abr 2024

ANÁLISE: Pré-candidatura de Ezequiel ao Governo pode ter sido lançada apenas "para ocupar espaço" político e midiático

31 de janeiro de 2022
4min
ANÁLISE: Pré-candidatura de Ezequiel ao Governo pode ter sido lançada apenas

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Neste final de semana o assunto político mais comentado foi a possibilidade da pré-candidatura do presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, deputado estadual Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB) ao Governo do Estado nas eleições deste ano. Contudo, à luz da segunda-feira e de uma análise mais aprofundada, percebe-se que a pré-candidatura tem mais aparência de um “balão de ensaio” do que uma possibilidade concreta.

Vários fatores apontam isso. Primeiro, porque a notícia – na verdade uma recepção de políticos em uma casa de praia no Litoral Norte - foi veiculada em blogs críticos ao Governo Fátima Bezerra e alinhados à oposição, como o Blog do BG, e a partir daí replicados por blogs igualmente pouco simpáticos à governadora. Nas matérias, muita informação vaga como “Ezequiel também recebeu uma série de ligações de deputados estaduais e federais e terá diversas reuniões com partidos, prefeitos e parlamentares”.

Segundo, porque nenhum dos políticos presentes falou na pré-candidatura de maneira explícita e tampouco Ezequiel se manifestou em declarações, entrevistas ou em suas redes sociais. A reportagem da agência Saiba Mais tentou falar com políticos do PSDB e jornalistas ligados ao partido, mas sem conseguir êxito.

A “pré-candidatura” Ezequiel parece pouco disposta a se pronunciar com ares oficiais.

Quem a explicitou foi o deputado federal Benes Leocádio, que afirmou que abriria mão de sua pré-candidatura ao Governo do Estado em favor da de Ezequiel. Contudo, como as pesquisas de intenção de voto davam números pífios para Benes (nunca mais que 4%) é certo pensar que Benes aproveitou o momento para uma “saída honrosa” de sua malfadada pré-candidatura.

Em off, jornalistas que cobrem a Assembleia Legislativa registram que a notícia da pré-candidatura de Ezequiel pode servir para “ocupar espaço” político e midiático em dias na qual a oposição ao Governo Fátima não acha o candidato ideal. Com Ezequiel no tabuleiro de xadrez, a oposição ganharia tempo para respirar e se planejar e, ao mesmo tempo, colocaria Ezequiel na condição de dialogar tanto com Fábio Faria e Rogério Marinho, ambos ministros do Governo Bolsonaro e afoitos também para disputar a única vaga para o Senado, como com a própria governadora Fátima. Ezequiel apoiou Fátima no segundo turno da eleição de 2018, é preciso que se registre. E como presidente da ALRN não coloca muitos empecilhos para Fátima no trato com a Casa.

Ezequiel foi o deputado estadual mais votado em 2018 com 50.221 votos. No entanto, para além do Seridó e do âmbito político da Assembleia, é um desconhecido para grande parte do eleitorado potiguar. É de se pensar se Ezequiel arriscaria uma reeleição certa por uma aventura política que poderia deixá-lo sem mandato.

Além disso, os desafios para Ezequiel seriam muitos. Em primeiro lugar ele precisaria que fosse resolvido o impasse entre Fábio Faria e Rogério Marinho. Tantos desafios que na própria matéria do Blog do BG foi colocado que “Ezequiel colocou o entendimento de Fábio é Rogério, e conversas com Álvaro Dias, Allyson Bezerra e o Solidariedade de Kelps e Fábio Dantas como condição para aceitar colocar seu nome à disposição para uma candidatura ao Governo do Estado”.

Muito xadrez político para ser jogado em tão pouco tempo e com Fátima liderando todas as pesquisas.

Mas, como jornalistas políticos colocaram, é politicamente útil ter o nome colocado como pré-candidato ao Governo. Quando se é político experiente, caso de Ezequiel, pode se fazer bom uso deste momento.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.