CIDADANIA

Caicó cancela carnaval de rua. No RN, 15 prefeituras tomaram mesma decisão, incluindo Natal

O carnaval de rua de Caicó (RN), neste ano de 2022, está cancelado oficialmente. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (19) pelo Prefeito Dr. Tadeu, durante uma transmissão ao vivo pelas redes sociais.

“Tomamos a decisão de cancelar o carnaval de rua de Caicó, em virtude da situação da pandemia do novo coronavírus e da epidemia de gripe. Agora, esperamos que em 2023, possamos realizar um carnaval digno e que corresponda a expectativa dos caicoenses”, declarou.

A Secretária de Saúde do Município, Evaneide Nóbrega, disse que no final de 2021 houve uma redução na equipe que trabalhava no Centro Covid, por causa da baixa demanda nos atendimentos, mas, o cenário mudou. “Nós chegamos a ter apenas 20 atendimentos no Centro. Para se ter uma ideia do aumento, no dia 07 de janeiro, tivemos 220 atendimentos e nesta terça, dia 18, foram 550”, explicou.

Mesmo antes da decisão oficial, o Bloco do Magão, uma das mais tradicionais atrações da festa de Caicó, já havia anunciado que não participaria da festa.

Esta semana, também, a Prefeitura de Macau publicou decreto proibindo qualquer evento público ou festividade de rua relacionados ao carnaval 2022. Pelo texto, a proibição já vale a partir de sexta-feira (21). O texto reforça a decisão da cidade de cancelar a festa deste ano – que é um dos maiores e mais tradicionais carnavais do RN.

A decisão de Macau é justificada pela aumento de casos de Covid-19 e por Pelo texto publicado proibindo as festas de ruas, De acordo com a prefeitura, o cancelamento dos festejos levou em consideração que a festa popular vêm sendo considerada pelas entidades médicas estaduais e nacionais como evento de alto risco de contágio pela Covid-19, principalmente pela nova variante Ômicron, já identificada no estado. Além disso, há um surto de gripe.

O cancelamento do carnaval em Caicó e Macau não é isolado no RN. Pelo menos 15 cidades já decidiram suspender a festa de rua, que este ano ocorre entre 26 de fevereiro e 1º de março. A festa está suspensa em Natal, Caicó, Parnamirim (praia de Pirangi), Areia Branca, Macau, Pendências, Grossos, Apodi, Assu, Tibau, Tibau do Sul,Alexandria, Dix-sept Rosado, Almino Afonso e Upanema.

Essa decisão segue uma tendência nacional. Das 27 capitais de estados no País, ao menos 19 já anunciaram o cancelamento da festa em 2022.

 

 

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo