Carlos Eduardo: “Fátima hoje não tem adversários e Ezequiel não quer ser candidato”
Natal, RN 30 de mai 2024

Carlos Eduardo: "Fátima hoje não tem adversários e Ezequiel não quer ser candidato"

24 de fevereiro de 2022
2min
Carlos Eduardo:

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Nesta quinta-feira, 24, o ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT) foi entrevistado no programa Balbúrdia, da Agência Saiba Mais, e falou sobre possível pré-candidatura ao Senado, aliança com Fátima Bezerra entre outros assuntos.

Perguntado sobre o andamento da possível aliança entre ele e a governadora Fátima Bezerra (PT) com vista à eleição deste ano, Carlos disse que "tenho dialogado bastante com a governadora ou através de Raimundo Alves, designado por ela para as tratativas e o que posso dizer é que estamos voltados para o diálogo interno com nossos partidos.
Fátima tem que conversar com o PT, o partido tem uma tradição histórica de debate interno e eu encontro campo fértil no meu partido. O primeiro ponto que facilita o diálogo é que estamos ambos no mesmo campo de oposição ao Governo Bolsonaro", afirmou.

O ex-prefeito citou ainda o histórico de alianças políticas dele e Fátima ao longo dos anos. "As pessoas falam de 2018, mas quero lembrar que desde a eleição de 1989, no segundo turno, dos 24 deputados estaduais do Rio Grande do Norte, eu fui o único que fez campanha e votou em Lula. Lembro que votei em Dilma Rousseff em 2010 e 2014. No Estado, eu e Fátima fizemos alianças diversas, como em 2004 que Fátima votou comigo e em 2008, quando ela foi nossa candidata a prefeita. O passado não é só 2018. Eu fiz essa autocrítica, declarei que me arrependi do voto em Jair Bolsonaro. Temos eu e Fátima mais um histórico de alianças do que de divergências, como houve em 2018", registrou.

Carlos elogiou bastante a gestão de Fátima e criticou a oposição: "A governadora pegou o Estado afundado em dívidas, com uma crise fiscal, quatro folhas atrasadas deixadas pela gestão anterior e vem resolvendo isso tudo. Enquanto isso a oposição está desorganizada, dividida. Falam muito numa possível candidatura de Ezequiel Ferreira de Souza, mas, Ezequiel não quer, ele está aí mais porque insistem com ele. A verdade é que Fátima hoje não tem adversários", sentenciou.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.