Potiguariana: Roberto Monte cria editora para contar as histórias da Esquerda que a história oficial não conta no RN
Natal, RN 28 de mai 2024

Potiguariana: Roberto Monte cria editora para contar as histórias da Esquerda que a história oficial não conta no RN

19 de fevereiro de 2022
5min
Potiguariana: Roberto Monte cria editora para contar as histórias da Esquerda que a história oficial não conta no RN

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Pesquisador e dono do maior arquivo de registros na imprensa, documentos oficiais, não-oficiais e gravações envolvendo personagens conhecidos e desconhecidos da Esquerda no Rio Grande do Norte, o ativista dos Direitos Humanos Roberto Monte dá mais um passo no intuito de preservar a memória e a história política do Estado potiguar.

A editora Potiguariana é um sonho antigo que começou a virar realidade em dezembro de 2021, quando veio ao mundo a 2ª edição do livro “Campo de Concentração no RN – torturas na Base Aérea de Natal – 1952/53”. A obra traz relatos de presos torturados na sob a guarda dos militares ainda no Estado Novo, episódios nunca antes explorados ou descortinados pela imprensa ou pela historiografia local. Entre os torturados estavam Luiz Maranhão Filho e o médico comunista Vulpiano Cavalcanti.

O concorrido lançamento, na livraria Manibu, da Fundação José Augusto, saiu com o selo DHNet, portal na internet que também funciona como braço da estrutura montada por Roberto Monte nos últimos anos onde estão armazenadas uma parcela considerável de informações, documentos e registros reunidos pelo ativista nas últimas décadas.

A editora preenche uma lacuna física no trabalho de preservação da memória e da identidade potiguar. Já existem projetos para o lançamento de livros dos ex-presos políticos Juliano Siqueira e Hermano Paiva.

Ex-preso político comunista, Juliano Siqueira terá livro editado pela editora Potiguariana / foto: acervo Roberto Monte

Antes, no entanto, Roberto Monte lançará, pela Potiguariana, a autobiografia ainda inédita de Vulpiano Cavalcanti de Araújo, médico cearense que veio para o interior do Rio Grande do Norte nos anos 1930 com o intuito de manter viva a chama comunista após a revolução de 1935.

- Recebi esse material de Vulpiano pelas mãos de Maílde Pinto Galvão há alguns anos e estava guardado. Com a criação da Potiguariana vamos lança-lo no dia do Centenário do Partidão. O ilustrador Cláudio Oliveira fez a capa e conta um pouco da história do livro também, o contexto em que o livro foi feito. Também teremos uma introdução assinada por Hermano Paiva”, diz.

Vulpiano foi um dos fundadores da Aliança Nacional Libertadora, tendo como um de seus pares ninguém menos que o escritor Graciliano Ramos. Mais tarde, a ANL seria reconhecida também como a organização de esquerda liderada pelo baiano Carlos Marighella. Atualmente, o médico dá nome a uma rua no bairro de Igapó, em Natal.

Ficha de Vulpiano na Base Aérea de Natal / reprodução

O lançamento de “Vulpiano Cavalcanti: Memórias de um Médico do Povo” está confirmado para 25 de março, data em que é celebrado o centenário do Partido Comunista Brasileiro. No entanto, Roberto Monte conta com a ajuda de amigos e leitores para garantir a impressão da obra. Quem quiser garantir de forma antecipada um exemplar basta pagar R$ 50 de duas formas:

Pix (5584999267589) ou transferência para o Banco do Brasil (ag. 3525-4 / conta: 21.287-3 / variação: 51)

Além do portal na internet, da editora Potiguarian, Roberto Monte sonha com uma universidade popular que já começa a andar com a criação da Pós-TV DHnet. A ideia é que a universidade seja um polo de formação com cursos, oficinas e capacitações para estudantes, trabalhadores, ativistas e o público em geral que se interessa pela luta dos movimentos sociais, sindicais e populares do Rio Grande do Norte.

- Não são coisas separadas, está tudo ligado. Agora é continuar atuando na defesa dos Direitos Humanos na perspectiva da memória, da verdade e, principalmente, da identidade”, disse.

Como adquirir o livro

Vulpiano Cavalcanti: Memórias de um Médico do Povo”

Valor: R$ 50
Forma de pagamento: Pix (5584999267589) ou transferência para B do Brasil (ag. 3525-4 / conta: 21.287-3 / variação: 51)
Mais informações: 99977.8702

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.