DEMOCRACIA

Presidente do PT/RN defende alianças: “precisamos de ambiente político para reeleger Lula e Fátima”

O presidente estadual do Partido dos Trabalhadores (PT) Júnior Souto falou à reportagem do Saiba Mais sobre as celeumas que envolvem a política de alianças do partido com vistas à eleição deste ano.

“A centralidade do esforço que devemos fazer, diz respeito à máxima prioridade que atribuímos à disputa nacional, eleger Lula presidente da República, bem como com a prioridade estadual da reeleição da governadora Fátima Bezerra”, explicou Souto.

Perguntado sobre as celeumas envolvendo a vaga para o Senado com apoio de Fátima, Júnior assinalou que “a polêmica, na medida que assumiu dimensão pública maior, tomou forma indesejável. Precisamos de um ambiente partidário onde as diferentes expectativas e concepções táticas dialoguem de modo que não resultem em problemas  para o futuro”, explicou, se referindo à nota que o senador Jean Paul Prates (PT) divulgou criticando o ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves (PDT) especulado como possível candidato a senador com apoio de Fátima, em detrimento da candidatura à reeleição do próprio Jean.

“Há aqueles no partido que entendem que devemos  enfrentar as eleições  apresentando uma chapa 100% PT . Há outros que defendem a necessidade de uma ampliação política e partidária. Entre esses há os que defendem compor com o MDB com alguém do partido como candidato a vice-governador e os que defendem compor com  Carlos Eduardo concedendo a ele a vaga de candidato ao Senado”, explica.

“O Bolsonarismo certamente terá uma chapa, em consequência das ações dos ministros Fábio Faria e Rogério Marinho, portanto precisamos de um pouco mais de tempo para poder confirmar qual será a chapa da Oposição”, finaliza.

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Previous ArticleNext Article