Sandro Pimentel vai ao STF reaver direitos políticos e não descarta pré-candidatura ao Senado pelo PSOL
Natal, RN 24 de abr 2024

Sandro Pimentel vai ao STF reaver direitos políticos e não descarta pré-candidatura ao Senado pelo PSOL

25 de fevereiro de 2022
3min
Sandro Pimentel vai ao STF reaver direitos políticos e não descarta pré-candidatura ao Senado pelo PSOL

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

O ex-deputado estadual Sandro Pimentel (PSOL) continua lutando pelos seus direitos políticos, na tentativa de reaver seu mandato, que foi cassado pela Justiça Eleitoral em 2020 e tem ambições políticas para esse ano eleitoral.

Ele foi entrevistado no programa Balbúrdia, da Agência Saiba Mais, e falou sobre ainda sobre o partido, CPI da Arena das Dunas e muito mais.

"O PSOL terá chapa completa para as eleições deste ano. Na plenária mais recente escolhemos por unanimidade o companheiro Danniel Morais, que é presidente estadual do partido, como pré-candidato ao Senado. Ele tem qualidade, responsabilidade e conhecimento do Rio Grande do Norte. Também discutimos um programa de Governo para as pré-candidaturas apresentarem", assinalou Sandro.

"E o partido aprovou a realização de uma nova conferência para maio, após fechar a janela partidária, para se decidir quanto às federações, se o PSOL integra ou não alguma delas. E também para definir os nomes dos pré-candidatos ao Senado e a vice-governador, já que a sigla lançará chapa completa", registra.

Indagado sobre como vê uma pré-candidatura do PSOL na conjuntura política, o ex-deputado disse que "se Carlos Eduardo se viabilizar e ocorra realmente aliança do PDT com o PT de Fátima Bezerra, entendemos que haverá um vácuo para o eleitor realmente de Esquerda, que não vai querer votar nem em Carlos nem naquele cara que a classe trabalhadora tem ojeriza e que ajudou a retirar direitos trabalhistas", desabafou, se referindo ao ministro Rogério Marinho, que quando deputado federal foi relator da Reforma da Previdência.

"Sabemos que uma considerável fatia de pessoas que comungam com nossas pautas quer votar em um candidato ao Senado de Esquerda. Acho que teremos uma votação boa", disse.

Perguntando sobre seus projetos políticos, caso reverta a inelegibilidade de oito anos que foi apenado quando teve o mandato cassado pela Justiça Eleitoral, Sandro registrou que "confio que essa situação, que vamos levar ao STF, seja revertida, quero lutar pelos meus direitos políticos. Estou desmotivado, mas se tiver viabilidade eleitoral e o partido me convocar, não fugirei ao desafio, inclusive o de disputar o Senado", disse.

Sandro falou ao Balbúrdia sobre CPI da Arena das Dunas. Neste fim de semana leia matéria neste sentido aqui no Saiba Mais. Para assistir ao programa, aqui:

https://www.youtube.com/watch?v=oW_Rv-wLnM8
Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.