Vereador em Parnamirim preso por fraudar filas de exames tem mandato mantido, mas continua afastado
Natal, RN 22 de mai 2024

Vereador em Parnamirim preso por fraudar filas de exames tem mandato mantido, mas continua afastado

2 de fevereiro de 2022
3min
Vereador em Parnamirim preso por fraudar filas de exames tem mandato mantido, mas continua afastado

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

A ´novela` jurídica envolvendo o mandato do vereador em Parnamirim Diogo Rodrigues (PSD) ganhou um novo capítulo nesta quarta-feira dia 2. A juíza convocada Maria Neíze Fernandes, do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN), decidiu nesta quarta-feira, dia 2, anular decisão proferida por ela própria no dia 17 de janeiro, que havia determinado a extinção do mandato do vereador. A juíza reconsiderou a decisão anterior após ouvir argumentos da Câmara Municipal de Parnamirim. Diogo teria cometido fraudes na marcação de exames quando ocupava cargo de chefia na Secretaria de Saúde.

Contudo, Diogo Rodrigues segue afastado do mandato. Contra ele existe ainda outra decisão, da juíza Manuela Barbosa, da 2ª Vara Criminal de Parnamirim, determinando o afastamento do vereador da Câmara Municipal por 180 dias para não atrapalhar as investigações.

Desta forma, como já era esperado no mundo político de Parnamirim, o presidente da Câmara, Wolney França (PSC), convocou nesta quarta-feira, na abertura dos trabalhos legislativos de 2022, o 1º suplente da chapa, César Maia (PSD), para assumir o mandato. na verdade César estava como vereador desde que Diogo foi afastado e pres em

ENTENDA O CASO

Em abril de 20121 a Operação Fura-fila, do Ministério Público que investiga irregularidades na marcação de exames prendeu Diogo, que era diretor da central de regulação de consultas e exames de Parnamirim, ligado à secretaria municipal de Saúde do município, na gestão do prefeito Rosaldo Taveira. Diogo foi acusado de chefiar um esquema de fura-filas para marcação de exames e consultas pelo Sistema Único de Saúde no Rio Grande do Norte.

A partir daí, uma série de decisões jurídicas mantiveram Diogo preso, embora tenha sido solto por duas oportunidades e em uma delas até mesmo autorizado a retomar o mandato, o que logo depois foi revogado pela Justiça.

A ´novela` para manter o mandato se arrastou mas em 27 de janeiro passado, após ter pedido de afastamento determinado pela juíza da 2ª vara criminal de Parnamirim Manoela de Alexandria, Diogo publicounota oficial, onde esclarece que foi orientado pelo seu advogado Flaviano Gama a não entrar com recurso diante da decisão da juíza, no intuito de colaborar com a justiça.

A nota disse ainda o vereador se afastava do cargo por tempo indeterminado, e que irá se dedicar a Deus e a família, e finaliza a nota, desejando sucesso ao suplente César Maia.

Diogo Rodrigues teve 2.266 (2,61% do total) na eleição de 2020 em Parnamirim, sendo o segundo mais votado na faixa.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.