Vereadores aprovam censo sobre população indígena residente em Natal
Natal, RN 24 de jul 2024

Vereadores aprovam censo sobre população indígena residente em Natal

18 de fevereiro de 2022
2min
Vereadores aprovam censo sobre população indígena residente em Natal

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Quantos são e qual o perfil socioeconômico dos indígenas que moram em Natal ? Essa pergunta será respondida em breve. A Câmara Municipal aprovou na quinta-feira (17), um projeto de lei que institui o Censo da População Indígena residente na capital. A proposta é de autoria da vereadora Brisa Bracchi (PT).

O texto segue para a sanção do prefeito de Natal Álvaro Dias (PSDB).

A parlamentar acredita que, com os dados em mãos, será possível promover políticas públicas que contemplem as necessidades reais dos indígenas que vivem em Natal.

“Precisamos compreender a diferença de indígenas aldeados, que vivem em seus territórios de origem, e os não aldeados, aqueles que não perdem sua identidade indígena por mais que vivam em espaços urbanos, como Natal. Propusemos esse censo para que possamos avançar, o primeiro passo para construção de uma política pública é identificar se aquelas pessoas existem, como vivem e quais são as suas necessidades”.

Brisa Bracchi, vereadora de Natal/PT

Em março de 2021, por não reconhecer a população indígena no próprio território, a Prefeitura do Natal devolveu doses do imunizante contra a Covid-19 ao Governo Estadual, que eram destinadas a essa parcela da população por serem um dos grupos prioritários da vacinação. O fato foi posteriormente corrigido.

A vereadora acredita que a instituição do Censo, que já tem recursos garantidos para execução, é uma vitória que valoriza a importância dos povos originários.

“Natal é terra indígena. Precisamos sempre conseguir identificar, reconhecer e, principalmente, valorizar aqueles que mantêm viva a cultura indígena. Esse projeto é para gente começar a quitar essa dívida histórica que temos com os povos originários. Que a Lei possa ser sancionada e executada, inclusive com emenda orçamentária que destinamos em 2021”, destacou Brisa, durante a sessão.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.