TRANSPARÊNCIA

Depois de oito dias sem mortes por covid-19, RN registra um óbito decorrente da doença

O Rio Grande do Norte chegou a passar os últimos oito dias sem nenhuma morte registrada por covid-19. Mas, o recorde foi quebrado nas últimas 24 horas, quando um paciente localizado em Natal faleceu em decorrência da doença. Os dados mais recentes foram divulgados na manhã desta sexta (25), pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap).

A atual taxa de ocupação dos leitos críticos (semi-intensivos e UTI’s) é de 7,9% em todo o Rio Grande do Norte, segundo o sistema de Regulação Lais/ Sesap/ UFRN. Essa média sobe para 10,9% na Região Metropolitana de Natal, baixa para 6,7% no Seridó e para 4,2% na Região Oeste. O RN tem, ao todo, 102 leitos críticos disponíveis, sendo que 57 deles estão em Natal, onde um paciente grave aguarda avaliação para ser internado na manhã de hoje.

O estado, que já chegou a ter todos os seus 21 hospitais com leitos para pacientes adultos com covid-19 ocupados, em março de 2021, está agora numa situação bem mais confortável. Com apenas seis hospitais com leitos destinados a pacientes com covid, a maior taxa de ocupação agora está na casa dos 60%, no Hospital dos Pescadores, em Natal.

A redução nos índices de infecções e internações é atribuída por especialistas ao avanço na vacinação. De uma população de mais de três milhões (3.168.027) de habitantes, 92% (2.934.486) das pessoas estão vacinadas com pelo menos uma dose ou a dose única da vacina. Já 81% (2.594.557) das pessoas estão totalmente vacinadas com as duas doses (D2) e 43% (1.377.579) receberam a dose de reforço (D3). Os dados estão disponíveis na plataforma RN+ Vacina.

 

Dados de ocupação dos leitos críticos nos hospitais em março de 2021:

Dados atuais da vacinação:

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo