´Efeito Lula-Alckmin` pode beneficiar PSB do RN
Natal, RN 16 de jul 2024

´Efeito Lula-Alckmin` pode beneficiar PSB do RN

14 de março de 2022
3min
´Efeito Lula-Alckmin` pode beneficiar PSB do RN

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Um dos fatos políticos desta semana foi a confirmação da filiação do ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin ao PSB. Após desfiliar-se do PSDB, partido onde militou por duas décadas e meia e por onde foi candidato a presidência da República por duas vezes, Alckmin teve o nome confirmado no partido pelo próprio presidente do partido, Carlos Siqueira.

A migração do ex-tucano para o PSB tem como objetivo direto e assumido, a composição de Alckmin como companheiro de chapa de Luís Inácio Lula da Silva (PT) na disputa para presidente da República deste ano. Lula não esconde de ninguém que Alckmin é seu candidato a vice dos sonhos e o ex-governador também admite o desejo de fazer parte da chapa.

Com a confirmação da chapa sendo questão de tempo, imediatamente começaram os cálculos políticos sobre o quando este fato político pode beneficiar o PSB nos estados. No Rio Grande do Norte, as especulações já começaram.

"O ex-governador Alckmin é um excelente quadro da política brasileira, com certeza será uma grande aquisição para o PSB. Se realmente escolhido como candidato a vice de Lula, com a sua bem sucedida experiência administrativa em SP, será um reforço substancial para a chapa presidencial e ajudará o país", disse à reportagem da Agência Saiba Mais o deputado estadual Hermano Morais (PSB).

Perguntado sobre o chamado "efeito Lula-Alckmin", Hermano afirmou que "se confirmada a chapa, acredito que sim, o PSB potiguar ganhará mais força política".

“A filiação de Alckmin vai reforçar o protagonismo do PSB nas eleições deste ano”, disse Rafael à reportagem da Agência Saiba Mais. O deputado há tempos é entusiasta da filiação do ex-tucano ao partido.

Ouvido há duas semanas pelo Saiba Mais, o deputado federal Rafael Motta, presidente do PSB no Rio Grande do Norte, havia afirmado que “a filiação de Alckmin vai reforçar o protagonismo do PSB nas eleições deste ano, além de qualificar os quadros do partido e fortalecê-lo. E o ex-governador Alckmin credencia ainda mais o PSB a ocupar um espaço estratégico na frente formada para livrar o Brasil dos retrocessos promovidos por Bolsonaro”, disse.

Embora os membros do partido não falem disso em público, é certo no meio político que, com Alckmin sendo candidato a vice de Lula e na pré-campanha o petista mantendo a liderança isolada nas pesquisas, o PSB ganha mais poder de diálogo com a governadora Fátima Bezerra tanto para a composição da chapa como para a formação de um eventual segundo Governo Fátima, em caso de reeleição, na hipótese de Lula e Alckmin também serem eleitos.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.