Professores da rede municipal de ensino de Natal entram em greve por tempo indeterminado a partir desta segunda (28)
Natal, RN 5 de mar 2024

Professores da rede municipal de ensino de Natal entram em greve por tempo indeterminado a partir desta segunda (28)

28 de março de 2022
3min
Professores da rede municipal de ensino de Natal entram em greve por tempo indeterminado a partir desta segunda (28)

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Em assembleia geral realizada na manhã desta segunda (28), os professores que fazem parte da rede municipal de ensino de Natal decidiram entrar em greve por tempo indeterminado.

As aulas, que tinham começado na última quinta (24), estão suspensas a partir de hoje enquanto professores e Secretaria Municipal de Educação de Natal não chegarem a um acordo quanto ao reajuste do piso de 33,24%, conforme estabelecido anualmente pelo governo federal e cujo cumprimento é obrigatório, segundo lei municipal.

A capital potiguar tem 55 mil alunos matriculados em 146 unidades de ensino. No entanto, cerca de 3 mil iriam continuar com aulas remotas porque as unidades de ensino estão passando por adequações estruturais.

Atualização às 11h37- Por meio de nota, a Secretaria Municipal de Educação de Natal disse que a Prefeitura de Natal e a direção do Sinte/RN já fechou acordo quanto aos 6,42% restantes referentes ao ano de 2021. No entanto, admitiu que não há acordo negociado quando ao reajuste de 33,24% referente a 2022.

Confira a nota na íntegra:

Sobre os 12,84%:
Foi implantado 6,42% em dezembro com pagamento retroativo a janeiro de 2021.
Os 6,42% restantes ficou acordado entre SME-Natal e Sinte-RN que a partir de abril de 2022 esse percentual seria discutido entre as partes

Sobre o percentual de 33,23%: ainda não houve nenhuma tratativa entre a SME-Natal e o Sinte-RN.

Assessoria de Comunicação da SME-Natal

Rede estadual 

No dia 4 de março os professores reunidos com a direção do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do RN (Sinte/RN), no pátio da Escola Estadual Winston Churchill, decidiram encerrar a greve na rede estadual  iniciada no dia 14 de fevereiro. Após uma série de negociações, os trabalhadores acataram a proposta apresentada pelo Governo do Rio Grande do Norte para implantação do piso salarial de 2022, que prevê os seguintes pontos:

– Para professores que recebem abaixo do valor do Piso 2022 (R$3.845,63 – 40 horas; R$2.884,59 – 30 horas): reajuste de 33,24% em março, retroativo a janeiro;

– Para os demais educadores, que atualmente recebem valor acima do Piso, implantação de percentuais cumulativos, sendo: 15,03% em março; 6% em novembro; e 9,28% em dezembro;

– Retroativo de 15,03%, relativo aos meses de janeiro e fevereiro, pago em nove parcelas, de abril a dezembro de 2022;

– Retroativo do percentual restante pago em 12 parcelas, ao longo de 2023, desde que o pagamento mensal do retroativo fique abaixo de 2,5% da receita corrente líquida do Estado. Caso o percentual ultrapasse os 2,5%, o retroativo será pago em até 18 parcelas, de janeiro de 2023 a junho de 2024.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.