+ Notícias

Movimentos populares celebram 1º de maio em Natal (RN) por mais empregos, direitos e democracia; confira programação

Em Natal, a celebração ao Dia Internacional do Trabalhador e da Trabalhadora, no próximo domingo (1º), terá concentração às 8h30 na Praça das Flores, em Petrópolis. O ato seguirá com caminhada até a Praia do Meio, onde haverá apresentações culturais, a partir das 10h.

Os artistas confirmados são Pretta Soul, Fernandinho Regis, Ariane Sandrine, Valério Felipe e Cinthia Simão. A organizado é das centrais sindicais, contando com Central Única dos Trabalhadores (CUT), CPS Conlutas, Frente Brasil Popular, Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Intersindical e Pública Central do Servidor.

O tema deste 1º de Maio é “emprego, direitos, democracia e vida”, dialogando com os problemas que mais afligem a população brasileira, diante das altas taxas de desemprego e inflação, além de ataques aos direitos sociais e trabalhistas, à democracia e à vida.

Pautas que unem trabalhadores

Membro da Frente Brasil Popular, Mara Farias explica que se trata de pautas acumuladas ao longo dos anos que reúnem a pandemia, as lutas contra o golpe de 2016, o bolsonarismo, o fascismo e a precarização do emprego, com as reformas trabalhista e previdenciária.

“Essas palavras são de um processo de luta que já dura mais de cinco anos em todo o Brasil”, argumenta, apontando também que o ato terá um caráter de luta, mas também de festa, para valorização da vida dos trabalhadores.

“Tem uma espécie de oxigenação e vai juntar não só os trabalhadores em categorias, mas a juventude, os movimentos auto organizados de mulheres, negros, lgbts. É um espaço de comunhão de toda a esquerda. Vai ser um ato bem coletivo e diverso também, com apresentações culturais na praia, já que a maioria das pessoas está de folga. Será um ato não tão duro, mais tranquilo, com festa e projetando a luta”, conta Mara.

Na opinião da presidenta da CUT-RN, Eliane Bandeira, este é o o pior momento da história para a classe trabalhadora brasileira e a data, que representa um momento histórico, merece o engajamento de todos.

“Esse ano, estamos de volta às ruas com um ato político e cultural. É uma data emblemática por estarmos enfrentando o pior período da história, o desmonte das agendas sociais com mais de um terço da nossa população desempregada ou no desalento, e sofrendo com a fome e a miséria que atinge milhões de brasileiros. Esse ano, a data se torna ainda mais importante, porque teremos eleições em outubro, e para nós trabalhadores e trabalhadoras consideramos ser as eleições da nossa vida, pois vão definir como será o Brasil nos próximos 10, 20 anos”, declarou Eliane.

Todo o país estará mobilizado. Veja a agenda nos outros estados, segundo informações publicadas pelo Extra Classe:

Alagoas
Em Maceió, o ato começa às 9h, em frente ao Clube CRB, na Pajuçara. Como subtema, Alagoas escolheu “Por um país sem fome e sem miséria”. A celebração terá participação de movimentos populares, partidos e centrais sindicais.

Bahia
Em Salvador, o ato é no Farol da Barra durante todo o dia. Na parte da manhã uma carreta da Secretaria de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) oferecerá à população serviços como emissão do título de eleitor. Além de shows musicais, serão oferecidos à popualção serviços de corte de cabelo, manicure e massageml. O ato político está programado para às 15h com lideranças sindicais, políticas e trabalhadores.

Ceará
Em Fortaleza, a celebração tem início às 9h, na Areninha do Pirambu, com concentração para a marcha dos trabalhadores que percorrerá as principais ruas do bairro em direção à Vila do Mar, na Barra do Ceará, onde será realizado o encerramento com ato político e cultural. Atrações confirmadas: Léo Suricate (influencer), Banda Bode Beat (Nayra Costa e Daniel Groove) e o cantor Assun.

Distrito Federal
Em Brasília, a celebração começa às 16h, no estacionamento da Funarte. A atividade contará com show da artista Ale Terribili, que vai homenagear Gonzaguinha, além da pré-estreia exclusiva do documentário de Max Alvin: “O povo pode?”.

Goiás
Em Goiânia, o ato começa às 9h, na Praça do Trabalhador. Atrações confirmadas: Maíra Lemos (tributo à Marília Mendonça), Beaju, Mundhumano, Diego Mendes, Lucas e os Caras, DJ Genor Goiania.

Maranhão
Em São Luís, o ato será realizado nesta quinta-feira, 28, às 16h na Praça Deorodo. No dia 1° haverá panfeltagem na feita de João Paulo e Liberdade.

Mato Grosso
Em Cuiabá, o evento será realizado no Centro Pastoral par a Migrantesa, na Avenida Gonçalo Antunes de Barros, 2785, às 15h.

Paraíba
Em Campina Grande, a atividade será realizada no dia 30, a partir das 9h, na Avenida Tavares Cavalcante, 94, com feijoada, forró e lançamento do Comitê Popular de Luta da CUT.

Paraná
Em Foz do Iguaçu, será realizada uma atividade internacional com a CUT, centrais sindicais do Brasil, Argentina e Paraguai, com apoio da Confederação dos Trabalhadores das Américas (CSA). O ato começa às 10h, na Praça da Paz, no centro da cidade. Na véspera, dia 30 de abril, será realizado um seminário internacional sobre a situação da classe trabalhadora na América Latina.

Rio de Janeiro
Na capital fluminense, o ato será às 10h da manhã no Aterro do Flamengo, altura da Rua Silveira Martins, com as atrações MC Galo, MC Gilo do Andaraí e MC Cacau, nas ‘relíquias do funk’.

Rio Grande do Sul
Em Porto Alegre, será realizado um ato cultural a partir das 10h, no Espelho D´Água (Parque da Redenção). A revogação do Teto de Gastos e das reformas Trabalhista e da Previdência serão destaques na celebração.

Santa Catarina
Em Florianópolis, haverá atrações culturais, atividades de lazer e almoço no Largo da Alfândega, a partir das 10h.

Em Chapecó, Café cultural do Dia do Trabalhador, com música, poesia e roda de conversa, no CERCOM (Sede Campestre SINDICOM), às 15h.

Em São Miguel do Oeste, para marcar os 18 anos de atuação do Movimento de Mulheres Trabalhadoras Urbanas, haverá uma programação com atividades culturais, música, almoço, bingo, das 9h às 14h, no Bairro São Sebastião.

Em Criciúma, Festival da Democracia, celebração que ocorre no sábado (30), das 14h às 21h, com música, atividades de lazer, debates políticos e piquenique coletivo.

São Paulo
O ato na capital paulista será na Praça Charles Muller, no Pacaembu, a partir das 10h. Entre lideranças sindicais, políticas e religiosas, além de outras personalidades, estarão no palco das centrais grandes atrações como a cantora Daniela Mercury, Leci Brandão. Dexter, Francisco El Hombre e DJ KL Jay, além de outras a serem confirmadas.

O evento em São Paulo será transmitido ao vivo pelo Youtube e Facebook da CUT, das entidades filiadas e das centrais sindicais; e pelo Youtube da TVT (Youtube.com/redeTVT). A TVT também transmitirá em sinal aberto pela TV, em São Paulo, no canal 44.1 e no ABC pelo canal 512 da Net.

Em Sorocaba, no interior do estado, a celebração será no Parque das Águas, das 14h às 22h. O ato contará com atrações como Emicida, Francisco El Hombre, Fernanda Teka e Flor Maria e Luca & Marcelo, além de Flavinho Batucada.

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo
Isabela Santos é jornalista e repórter da agência Saiba Mais