TRABALHO

Governo vai abrir 1.500 vagas de qualificação na área do turismo em 46 cidades do RN

Foto: Assecom/RN - Elisa Elsie

O Governo do Estado lançou cinco cursos de qualificação profissional e técnica na área do turismo que serão ofertados em 46 municípios do RN. A partir de maio, serão realizados cursos de “técnicas para garçom”, “gestão de pequenos negócios em comércio e serviços”, “boas práticas no manejo de alimentos”, “instância de governança municipal” e “turismo de base comunitária”.

O Senac foi contratado para ministrar as capacitações. Ao todo serão ofertadas 1.500 vagas, em cursos com duração variável entre 16h e 80h. Essa é a segunda leva de cursos ofertados pela Setur. No ano passado, entre setembro e dezembro, uma série de cursos capacitou 332 pessoas em 24 cidades potiguares. Os recursos investidos na realização dos cursos somam quase 1 milhão de reais, e foram disponibilizados pelo projeto Governo Cidadão.

Entre os municípios contemplados estão Acari, Areia Branca, Assú, Baía Formosa, Baraúna, Barcelona, Brejinho, Ceará-Mirim, Cerro Corá, Currais Novos, Extremoz, Felipe Guerra, Florânia, Galinhos, Guamaré, Macau, São José do Campestre, Tibau do Sul e Touros.

No lançamento dos cursos, a governadora Fátima Bezerra ressaltou a importância da qualificação: “Um maior acesso à formação encaminha para uma maior profissionalização da atividade turística, e com isso naturalmente teremos maior qualidade nos produtos turísticos oferecidos no estado. Esse é um ciclo virtuoso que toda gestão deve incentivar”, afirmou a governadora.

O Turismo no RN

O Turismo é a principal atividade econômica do Rio Grande do Norte e possui mais de 50 mil leitos e 28 mil quartos. A atividade se recupera após o período da Pandemia – que atingiu o setor em todo o mundo. Em 2022, a cidade de Natal foi listada como o quarto destino turístico brasileiro mais procurado para as férias de janeiro de 2022. A informação foi do site Decolar.com, que divulgou um ranking com os destinos nacionais mais desejados para o primeiro mês do ano.

A lista tem como base as buscas por hospedagens nos canais de vendas. Natal só ficou atrás de Rio de Janeiro, Florianópolis e São Paulo. Após a capital potiguar, aparecem Porto de Galinhas-PE, Maceió-AL, Porto Seguro-BA, Balneário Camboriú-SC, Fortaleza-CE e Salvador-BA.

Para ajudar o setor, além de cursos de divulgação e investimento em publicidade, o Governo do RN prorrogou, até dezembro de 2022, a redução do ICMS da energia elétrica consumida pelo setor de hotelaria. A redução foi concedida em 2020 diante da grave crise imposta pela pandemia da Covid-19.

Segundo o Governo do Estado, o benefício ao setor hoteleiro reduz a 12% o ICMS da energia elétrica e representa renúncia de arrecadação de R$ 350 mil/mês. “Em 12 meses a renúncia é de mais de R$ 4 milhões, valor que pode ser revertido pelos empresas em investimentos para atração de visitantes”, informou o secretário de Estado da Tributação, Carlos Eduardo Xavier.

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo