RN vai flexibilizar uso de máscara em locais abertos e fechados a partir desta quinta (07)
Natal, RN 17 de abr 2024

RN vai flexibilizar uso de máscara em locais abertos e fechados a partir desta quinta (07)

6 de abril de 2022
5min
RN vai flexibilizar uso de máscara em locais abertos e fechados a partir desta quinta (07)

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

A governadora Fátima Bezerra (PT) anunciou em suas redes sociais que o comitê científico que auxilia as decisões da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) ligadas à covid-19 recomendou a liberação do uso de máscara, tanto em locais abertos quanto fechados. A medida deve ser publicada numa edição extra do Diário Oficial desta quarta (06).

Apesar da flexibilização, pessoas com sintomas gripais e de grupos vulneráveis devem manter o uso da máscara. Por causa da pandemia da covid-19, seu uso no Rio Grande do Norte era obrigatório desde 2020. No último decreto, publicado no dia 15 de março, a governadora havia flexibilizado o uso de máscara apenas em locais abertos.

Com a queda de casos e solicitações para internação de pacientes graves por covid-19, o número de leitos críticos (semi-intensivos e UTI’s) foi reduzido nas unidades de saúde e, atualmente, apenas nove hospitais possuem leitos para internação, num total de 87 UTI’s. Esse é o menor número desde março de 2020.

Dos nove hospitais com leitos críticos nesta quarta (06), dois apresentavam 100% de ocupação: o Hospital dos Pescadores (1 UTI ocupada) e o Hospital Maria Alice Fernandes (3 UTI’s ocupadas), ambos localizados em Natal. Na manhã de hoje, três pacientes da capital aguardavam avaliação para internação, onde há 51 leitos críticos disponíveis. No geral, a média de ocupação das UTI’s no RN é de 6,9%, passa para 8,3% na região metropolitana de Natal, para 5,9% na região Oeste e cai para 0% no Seridó. Desde o início da pandemia, em 2020, 1.090 pessoas morreram no RN à espera de um leito para internação.

Cenário atual

Na avaliação do professor do Departamento de Física da UFRN, José Dias do Nascimento Júnior, responsável pelas projeções do Comitê Científico do Nordeste, o cenário atual é de indicadores em queda, com baixas de casos e solicitações de leitos. No entanto, é preciso manter algumas medidas de controle porque o vírus continua em circulação no estado.

Os índices são favoráveis e indicam uma certa tranquilidade, ninguém tem dúvida sobre isso. Porém, enquanto continuarmos na zona vermelha do gráfico [ver acima], quer dizer que ainda temos circulação [do vírus da covid-19]. Ainda temos risco epidêmico, isso quer dizer que a liberação de máscara, de eventos, com muita gente circulando, a volta às aulas na UFRN, que tem um público jovem, por exemplo, cria um cenário de muita coisa acontecendo ao mesmo tempo e fica complicado sabermos qual será o efeito disso nas próximas semanas. Vamos ter que acompanhar os índices nas próximas semanas para ver se haverá uma passagem da pandemia para uma versão endêmica, quando todos os anos aparecem alguns casos”, avalia Dias.

Outra variante que deve ser levada em consideração é o período de chuvas que se aproxima, quando os casos das síndromes gripais costumam aumentar.

Eu continuo usando máscara porque além da covid-19, temos as outras síndromes gripais que costumam aparecer nessa época do ano e podem ser confundidas. Temos índices favoráveis, mas ainda há riscos. Eles só vão diminuir quando a bolinha na área vermelha passar para a área verde, que indica risco controlado. O ideal seria aguardamos um período de 15 dias após o início das aulas na UFRN para avaliarmos com propriedade esse momento. Essa conjuntura não nos permite dizer que está tudo normal e que podemos sair sem nenhum tipo de cuidado”, pondera José Dias.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.