DEMOCRACIA

Sindicato dos Jornalistas do RN sofre 4º assalto em dois anos: “Levaram o que sobrou dos arrombamentos anteriores”, desabafa presidente

A sede do Sindicato dos Jornalistas do Rio Grande do Norte foi arrombada pela quarta vez em dois anos na madrugada deste sábado (30). Os assaltantes levaram a impressora, o único computador da entidade, o nobreake e o teclado. Também furtaram as torneiras de metal da cozinha e do banheiro. Sobrou apenas um ar-condicionado antigo, pesado, o frigobar, mesas e algumas cadeiras.

O Sindjorn fica na rua Felipe Camarão, em Petrópolis, numa área onde estabelecimentos comerciais sofrem constantes arrombamentos.

Em roubos anteriores, já tinham sido furtados o gelágua, dois ar-condicionados split, cadeiras e outros objetos. Recentemente, o Sindjorn ficou sem energia por três dias após bandidos cortarem e levarem um fio que ligava a sede a um poste na rua.

O presidente do Sindicato Alexandre Othon registrou Boletim de Ocorrência na delegacia de plantão da Zona Sul e logo recebeu uma ligação da secretaria de Estado de Defesa Social e Segurança Pública informando que viaturas da PM passarão a fazer a ronda na região:

– O Sindjorn fica numa área onde outros estabelecimentos comerciais já foram vítimas de furtos e arrombamentos. Entraram pela porta de trás, na rua Domingos Sávio, quebraram a porta de vidro da sala, fizeram o rapa, levaram o que tinha sobrado dos arrombamentos anteriores. Esse é o quarto arrombamento que o Sindicato sofre”, desabafou.

Para Othon, o prejuízo mais significativo está relacionado aos documentos armazenados no HD do único computador da entidade. O Sindicato não tinha backup de todas as informações:

– Tínhamos feito (backup) uma parte, dos mais recentes não. O ruim é o material do sistema do HD, documentos importantes de jornalistas para o nosso Sindicato. O valor da informação é o pior que fica, teremos que correr atrás”, lamentou.

Funcionário do Sindjorn, João Marcos informou que a entidade tenta reaver ao menos o computador. As imagens de um suspeito caminhando nas ruas com sacolas já estão de posse das autoridades e a investigação está em curso.

Assaltantes quebraram a porta de trás e invadiram a sede na madrugada de sábado (30) / foto: Magnus Nascimento

Eleição para nova diretoria será dia 26 de julho

O Sindjorn realizou assembleia geral da categoria na quinta-feria (28) para formar a junta eleitoral que vai conduzir a eleição para a próxima diretoria da entidade. O mandato da diretoria presidente por Alexandre Othon termina em agosto e a próxima gestão deverá comandar o Sindicato pelo triênio 2022/2025. A eleição deve ocorrer em 26 de julho, data do pleito que escolherá os novos dirigentes da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj). O Sindjorn conta hoje com aproximadamente 110 jornalistas filiados com o pagamento das mensalidades em dia.

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo
Jornalista e autor da biografia "O homem da Feiticeira: A história de Carlos Alexandre"