DEMOCRACIA

Advogada potiguar é indicada para Comissão Executiva Nacional da Federação formada por PT, PCdoB e PV

A advogada potiguar Natália Sena será a única representante do Rio Grande do Norte na Comissão Executiva Nacional da Federação Brasil da Esperança, formada pelo PT, PCdoB e PV. Militante do Partido dos Trabalhadores, ela é formada em Direito pela UFRN, é ativista dos Direitos Humanos e assessora a deputada federal Natália Bonavides.

A Executiva Nacional terá 18 membros, sendo 12 indicados pelo PT, três pelo PCdoB e mais três propostos pelo PV. Os presidentes dos três partidos são membros natos da Executiva.

Também de acordo com a cláusula de rodízio estabelecida no estatuto, a presidenta do PT, Gleisi Hoffmann, foi eleita presidenta da FE BRASIL pelo período de um ano. Luciana Santos, do PCdoB, foi eleita primeira-vice-presidenta e José Luíz Penna, do PV, foi eleito segundo-vice-presidente.

Pelas novas regras, as federações partidárias formadas já para as eleições de 2022 terão validade até 2026, ou seja, a união dos partidos nas alianças majoritárias deste ano deverá ser a mesma nas eleições municipais de 2024.

Natália Sena diz que ainda é muito cedo para saber como o novo modelo de federação vai funcionar de fato. Mas adianta que os três partidos reunidos na Executiva vão definir em conjunto a tática eleitoral para a eleição de 2022 em nível nacional e em todos os estados do país.

– A federação foi um assunto polêmico no PT. Eu mesma defendi posições diferentes das que prevaleceram. Seja por isso, seja pela novidade, tem muitos detalhes que só saberemos como vão funcionar no curso do processo. Por isso, o que pode ser dito, por enquanto, é que a executiva nacional da federação vai deliberar sobre a tática eleitoral para a eleição de 2022, em nível nacional e em todos os estados do Brasil. Os partidos que compõem a federação, PT, PCdoB e PV, deverão ter candidaturas majoritárias comuns e isto vai requerer um esforço político grande. Além disso, a federação deve durar pelo prazo mínimo de 4 anos, onde as bancadas desses partidos em todos os níveis deverão atuar de forma unificada, e ainda passaremos pelas eleições municipais de 2024, nas quais a tática de cada município deverá ser definida no âmbito da federação”, afirmou.

A comissão foi definida numa assembleia geral realizada terça-feira (17). Em nível nacional, a federação Brasil Esperança vai apoiar a chapa encabeçada pelo ex-presidente Lula, que lançou pré-candidatura dia 7 de maio ao lado de Geraldo Alckimin (PSB), convidado para assumir o posto de vice na aliança.

A representante do Rio Grande do Norte na federação deixa claro, porém, que o projeto para vencer Jair Bolsonaro nas urnas vai além de impor uma derrota ao bolsonarismo, mas à extrema-direita como um todo e também à direita tradicional, simbolizada pelo que classifica como “tucanos-neoliberais”:

“A eleição desse ano tem uma importância muito grande. Precisamos derrotar Bolsonaro eleitoralmente e a partir disso retomar um projeto de esquerda para o país, que passa por enfrentar o bolsonarismo, a extrema-direita e a direita tradicional, como é o caso dos tucanos-neoliberais. Essa turma está alinhada em várias pautas, com destaque para o desmonte do Estado, a retirada de direitos, o solapamento das liberdades democráticas e da soberania nacional. Não vai ser fácil, vamos precisar trabalhar muito para vencer e precisamos aproveitar o cenário favorável a nós nas intenções de voto da maioria do povo para construir uma potente mobilização política, social e cultural, que lute por uma verdadeira independência do nosso país e do nosso povo”, disse.

Confira a composição da Comissão Executiva da FEBRASIL:

Representantes do PCdoB:
Presidenta Luciana Santos
Walter Sorrentino
Renildo Calheiros

Representantes do PV:
Presidente José Luiz Penna
Reinaldo Nunes
Eduardo Brandão

Representantes do PT:
Presidenta Gleisi Hoffmann
Joaquim Soriano
Henrique Fontana
Natália Sena
Maria do Rosário
Luiz Eduardo Greenhalgh
Gleide Andrade
José Guimarães
Jilmar Tatto
Anne Karolyne Moura
Washington Quaquá
Romênio Pereira

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo
Jornalista e autor da biografia "O homem da Feiticeira: A história de Carlos Alexandre"