DEMOCRACIA

Prefeito de São Gonçalo do Amarante, Paulinho morre vítima de câncer

O prefeito de São Gonçalo do Amarante, Paulo Emídio de Medeiros (mais conhecido como Paulinho), morreu na madrugada desta segunda-feira (9), aos 59 anos. Ele estava licenciado da Prefeitura desde fevereiro e lutava contra um câncer. Paulinho morreu na Policlinica, no Alecrim, onde estava internado desde o final de abril.

O velório do prefeito será aberto ao público e ocorre nesta segunda-feira (9) a partir das 11h30 no ginásio de esportes do bairro Amarante, em São Gonçalo. No início da manhã, haverá uma sessão solene na Câmara Municipal restrita à família e vereadores. Paulinho deixa a mulher, Terezinha Maia, duas filhas e três netos.

Após o velório em São Gonçalo do Amarante, o corpo de Paulinho para São Fernando, onde nasceu, ser velado. O sepultamento está previsto para às 8h da terça-feira (10) no cemitério municipal de São Fernando.

Prefeito nasceu no Seridó

Paulo Emidio de Medeiros nasceu em 14 de julho de 1962, em São Fernando, na região Seridó. Em Natal, fez curso de Gestão Pública pela Universidade Potiguar (UnP) e voltou para o Seri’’o, onde foi vice-prefeito e prefeito por dois mandatos em São Fernando, de 1992 a 2008. Deixou o mandato com mais de 90% de aprovação popular.

Participou da gestão da Femurn (Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte) como tesoureiro e conselheiro e, também, presidente da Associação dos Municípios do Seridó.

Em 2009, na administração de Jaime Calado, assumiu a pasta de Finanças do município de São Gonçalo do Amarante, de onde saiu para assumir (em 2010) a Secretaria Estadual de Articulação Política do governo do Estado na gestão de Iberê Ferreira.

Em 2011, voltou para administração de São Gonçalo do Amarante como secretário de Habitação, Regularização Fundiária e Saneamento. Saiu para ser candidato a prefeito do município e foi eleito em 2016. Foi reeleito em 2020 para segundo mandato.

Eraldo Paiva (PT) assumiu Prefeitura

A Prefeitura de São Gonçalo do Amarante para a ser administrada, em definitivo, pelo vice-prefeito Eraldo Paiva (PT). O petista disse publicamente quando da licença médica de Paulinho que pretende “manter os projetos e a gestão competente que o prefeito vem realizando ao longo desses anos”.

São Gonçalo do Amarante será a quinta prefeitura sob a administração do Partido dos Trabalhadores. Em 2020, foram eleitos Odon Jr. (Currais Novos), Neto de Zoraide (Afonso Bezerra) e Andrezza Brasil (Sítio Novo). Em Jandaíra, a prefeita Marina Dias foi eleita pelo MDB, mas se filiou ao PT no ano passado.

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo