Principal

Luz da Infância: médico é preso no RN em operação internacional contra a pornografia

Operação Luz da Infância apreende equipamentos de médico em Natal. Foto: Cedida

Um médico de 36 anos foi preso em flagrante nesta quinta-feira (30) em Natal durante uma mega operação internacional de combate à pornografia. O médico, segundo as primeiras informações divulgadas, teria sido flagrado com conteúdo de pornografia infantil. Ele foi detido em casa durante cumprimento de um mandado de busca e apreensão dentro da 9ª fase da operação “Luz na Infância”, com ações em 13 estados e seis países.

Ao todo, a operação ocorreu em 13 estados do Brasil, além de Estados Unidos, Equador, Costa Rica, Paraguai, Panamá e Argentina. No Brasil, foram visitados endereços de 74 suspeitos de crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes na internet. Outras 89 ordens de busca e apreensão estavam sendo cumpridas em outros países, somando 163 mandados.

A operação é coordenada no Brasil pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública. Até o momento, além do médico do RN, outras 25 pessoas já estão detidas, mas esse número deve aumentar.

No Brasil, além do Rio Grande do Norte, a operação está ocorrendo em Alagoas, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Paraíba, Pará, Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo.

No Rio Grande do Norte também houve movimentação na cidade de Currais Novos, onde foram apreendidos computadores. O Estado com o maior número de mandados de busca e apreensão em cumprimento é São Paulo, com 43 ordens expedidas.

O que é a aperação?

A Operação ‘Luz na Infância 8’ foi aberta em junho de 2021Nas edições anteriores, realizadas entre 2017 e 2020, operação já havia cumprido mais de 1.450 mandados de busca e apreensão e prendeu cerca de 700 suspeitos de praticarem crimes cibernéticos de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes em todo o Brasil e nos países participantes da ação.

Como essas pessoas são presas?

A prisão em flagrante ocorreu em enquadro no artigo 241-B do código penal, que estipula crime em adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente. Com o suspeito foram apreendidos dois notebooks e um aparelho celular.

Confira em quais estados houve prisões:
Alagoas: 1
Bahia: 1
Espírito Santo: 2
Maranhão: 1
Pará: 3
Paraíba: 1
Paraná: 2
Rio Grande do Norte: 1
São Paulo: 14

Balanços das fases anteriores da Operação Luz na Infância

Fase 1: Outubro/2017 – 157 mandados de busca e apreensão e 108 pessoas presas.
Fase 2: Maio de 2018 – 579 mandados de busca e apreensão e 251 pessoas presas.
Fase 3: Novembro de 2018 – 110 mandados de busca e apreensão no Brasil e na Argentina e 46 pessoas presas.
Fase 4: Março de 2019 – 266 mandados de busca e apreensão e 141 pessoas presas.
Fase 5: Setembro de 2019 – 105 mandados de busca e apreensão e 51 pessoas presas. Além do Brasil, a operação foi realizada nos Estados Unidos, Equador, El Salvador, Panamá, Paraguai e Chile.
Fase 6: Fevereiro de 2020 – 112 mandados de busca e apreensão e 43 pessoas presas no Brasil e quatro no exterior.
Fase 7: Novembro de 2020 – 189 mandados de busca e apreensão e 74 pessoas presas no Brasil e 35 no exterior.
Fase 8: Junho de 2021 – 189 mandados de busca e apreensão e 73 pessoas presas em flagrante.

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo