DEMOCRACIA

Quem age como milícia vira caso de polícia, diz campanha do PT/RN contra ódio nas eleições

O PT do Rio Grande do Norte decidiu dar uma contribuição necessária ao combate à violência e ao clima de ódio político no país. Com o mote “Quem age como milícia vira caso de polícia”, a legenda divulgou um vídeo em que o ator Ênio Cavalcanti lê um texto forte e duro destacando a liberdade que os eleitores tem para manifestar suas preferências eleitorais ao mesmo tempo em que reforça que “alguns poucos extremistas que já enxergam no horizonte a derrota que os aguarda estão se tornando criminosos”.

O PT convoca a população para exibir com orgulho suas ideias, pensamentos e opiniões, seja de qualquer matriz ou orientação ideológica do campo democrático. E deixa claro que a violência não será aceita:

– Atitudes hostis, ameaças e intimidações por motivos políticos serão punidos com rigor”, diz a mensagem.

Ao final, a legenda de Lula e Fátima pede que as pessoas denunciem às autoridades qualquer ato de agressividade que atente contra a liberdade de expressão durante o período eleitoral.

O vídeo foi lançado nesta sexta-feira como preparação para a convenção do partido, que ocorre neste sábado (23), a partir das 15h, no ginásio da escola estadual Floriano Cavalcanti, no conjunto Mirassol.

No evento, o PT do RN vai homologar a chapa majoritária que buscará a reeleição de Fátima Bezerra ao Governo do Rio Grande do Norte, além de oficializar os candidatos do Partido a deputado estadual e federal.

Assista o vídeo:

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo