CIDADANIA

No RN, apenas 32 dos 167 municípios aplicaram vacina contra Febre Amarela; sábado (06) será dia D de vacinação 

Dos 167 municípios que integram o Rio Grande do Norte, apenas 32 aplicaram alguma dose de vacina contra a Febre Amarela este ano. Em 2020, o SUS ampliou o grupo para vacinas contra a doença por causa da expansão da circulação do vírus no país. Mas, desde então, a procura tem sido baixa nos postos de vacinação. 

Para facilitar o acesso e ampliar a cobertura vacinal da população, a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) do Rio Grande do Norte preparou um Dia “D” de vacinação para este sábado (06). A campanha vai das 8h às 17h em todos os municípios do estado. A vacina contra a Febre Amarela está indicada para pessoas a partir de 9 meses a 59 anos. 

O intuito do dia D é ampliar a oferta da vacina contra a febre amarela, atualizar esquema vacinal e aumentar a cobertura das campanhas que estão ocorrendo. Importante ressaltar que a imunização é uma ferramenta eficaz e segura para prevenir doenças infecciosas. A vacinação elimina ou reduz drasticamente o risco de adoecimento ou de manifestações graves, que podem levar à internação e até mesmo ao óbito“, aponta Laiane Graziela, coordenadora do Programa de Imunização do Estado.

Entre as ações propostas estão: a abertura das unidades aos sábados ou em outros horários oportunos (noite) durante a campanha, ampliação dos locais de vacinação, parceria com fábricas e indústrias levando vacina a estes locais; Inclusão do imunizante no Projeto “Minha Escola Nota 10”; realização da vacinação em domicílio para pacientes domiciliados/acamados; Vacinação nas comunidades Rurais, comunidades tradicionais quilombolas, indígenas, Ciganas; Vacinação da população em situação de rua, refugiados, apátridas, migrantes, pessoas privadas de liberdade; além de busca ativa através das equipes de estratégia de saúde da família. 

Dia “D” em Natal

Em Natal, todas as Unidades Básicas de Saúde estarão com as salas de vacinação abertas neste sábado, das 08h às 12h. O imunizante contra a Febre Amarela está disponível para crianças que completaram 09 meses e ainda não tomaram a primeira dose; crianças que completaram 04 anos e não tomaram a dose de reforço; e pessoas de 05 a 59 anos não vacinadas, com apenas uma dose ou nenhuma dose registrada. As UBS’s vão continuar funcionando nesse esquema durante todo o mês de agosto.

Não podem se vacinar menores de 09 meses, mulheres amamentando crianças menores de 06 meses de idade, pessoas com alergia grave a ovo, pessoas que convivem com HIV e que têm contagem de células CD4 menor que 350, usuários em tratamento de quimioterapia/radioterapia, portadores de doenças autoimunes e pessoas submetidas a tratamento com imunossupressores (que diminuem as defesas do corpo).

Reforço aos 04 anos

Em 2017, o Ministério da Saúde seguiu as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS) de ofertar apenas uma dose da vacina de febre amarela durante toda a vida. Porém, estudos científicos recentes demonstraram uma diminuição na resposta imunológica da criança que é vacinada muito cedo, aos 9 meses, como prevê o Calendário Nacional de Vacinação da criança. Assim, desde 2020, uma dose de reforço para as crianças aos quatro anos de idade passou a ser oferecida.

Outra mudança, é que a vacina contra a febre amarela passou a ser disponibilizada para todos os estados do Nordeste. Anteriormente, a vacina de febre amarela era ofertada apenas para algumas regiões do país com registro de casos da doença, mas com o registro de casos em outras localidades, o Ministério da Saúde expandiu as áreas com recomendação de vacinação.

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo