Prédio do IFRN da Cidade Alta pode se transformar em polo para ações culturais do Estado
Natal, RN 19 de jun 2024

Prédio do IFRN da Cidade Alta pode se transformar em polo para ações culturais do Estado

21 de agosto de 2022
3min
Prédio do IFRN da Cidade Alta pode se transformar em polo para ações culturais do Estado

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Criar um equipamento de fomento às atividades culturais do Estado no prédio do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) que funciona no bairro de Cidade Alta. O projeto do Centro Cultural Rio Branco foi apresentado pelo reitor do IFRN, José Arnóbio, e professores da instituição à governadora Fátima Bezerra na última sexta-feira (19), em audiência no Centro Administrativo.

"Esse é o único espaço cultural que o IFRN tem hoje. É muito importante e estratégico para toda a instituição. Quando pensamos nesse espaço, foi para cultura e inovação, o que também amplia as possibilidades de captação”, avaliou o reitor do IFRN, José Arnóbio.

Na presença dos principais gestores da Fundação José Augusto (FJA) e da Secretaria de Estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer (Seec) foram apresentadas as propostas de transformação do espaço em polo para ações culturais promovidas pelo Estado. Entre elas, a contratação de bolsistas para desenvolvimento de ações tanto no prédio da Rio Branco como nos espaços culturais do Estado; ações culturais com temas de utilidade pública; busca ativa de parcerias público-privadas para captação de recurso financeiro para reforma do espaço e fomento de ações culturais contínuas; e transformação do auditório em um teatro.

Fotos Raiane Miranda

O prédio está localizado na Avenida Rio Branco, nº 743, e já serviu de quartel, escola, foi cedido à UFRN e abrigou alguns equipamentos, entre eles a TVU da UFRN. Devolvido ao IFRN, foi tombado em janeiro de 1999.

Em 2009, passou a ser o Campus Cidade Alta do IFRN. Com a transferência das estruturas administrativas e salas de aula para o prédio da antiga oficina da RFFSA, situado nas Rocas, teve-se a ideia de transformar o prédio da Rio Branco num equipamento de fomento cultural no RN.

Polo Embrapii

Os gestores lembraram ainda a consolidação do Centro de Referência em Tecnologia Mineral do IFRN (CT Mineral/IFRN). A unidade foi selecionada, através da Chamada Pública nº 1/2022 da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii), como Polo de Inovação em Tecnologias em Mineração do Brasil na área de Tecnologias em Mineração.

A seleção é inicialmente para Unidade Embrapii. O próximo passo para o Instituto é solicitar a efetivação do Polo de Inovação junto ao MEC. Esse será o primeiro polo do Rio Grande do Norte e o primeiro na área de tecnologia em mineração do Brasil.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.