Secretário de Educação de Natal proíbe entrada de pessoas vestidas com camisetas, shorts, bermudas ou minissaias no prédio
Natal, RN 16 de jun 2024

Secretário de Educação de Natal proíbe entrada de pessoas vestidas com camisetas, shorts, bermudas ou minissaias no prédio

29 de agosto de 2022
3min
Secretário de Educação de Natal proíbe entrada de pessoas vestidas com camisetas, shorts, bermudas ou minissaias no prédio

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Foi publicada no Diário Oficial do Município, desta segunda (29), uma portaria que proíbe pessoas trajadas com roupas de banho (sungas, maiôs e similares), camisetas, shorts, bermudas, minissaias ou microssaias, de entrar no prédio da Secretaria Municipal de Educação (SME). Nesses casos, o visitante deverá ser atendido fora das dependências da Secretaria por algum servidor, mas apenas quando se tratar de casos de urgência.

A portaria é assinada por Paulo Victor Cavalcante Barra, Secretário de Educação que está substituindo Cristina Diniz, temporariamente. Quem for visitar a repartição pública também terá que se identificar na portaria e especificar o assunto que será tratado. Será preciso apresentar documento oficial com foto, contendo número do Cadastro de Pessoa Física (CPF), e informar o destino no interior do prédio, quando vai receber as orientações para chegar ao local. Tudo deve ser registrado em livro, com os horários de acesso e de saída.

No caso de menores incapazes, eles terão o cadastro vinculado a um acompanhante responsável. Já os portadores de deficiência que necessitem de assistência para o acesso, os encarregados da portaria ficarão responsáveis pelos procedimentos de orientação e acompanhamento, quando necessário.

Por último, a portaria determina que os casos não previstos deverão ser tratados com a assistência da Diretoria de Administração Geral (DAG).

DOM desta segunda (29) I Imagem: reprodução
DOM desta segunda (29) I Imagem: reprodução

Professora barrada na SME

Em novembro do ano passado, a professora da rede infantil do município, Tânia Maruska Petersen, de 51 anos, foi impedida de entrar no prédio da SME por não estar usando roupas “adequadas” para o local.

Roupa da professora barrada na SME I Foto: cedida
Roupa da professora barrada na SME I Foto: cedida

A professora estava com um vestido de mangas longas e com comprimento na altura dos joelhos. Ao informar para qual setor iria, a recepcionista lhe pediu que esperasse, pois teria sido chamado o senhor Josias, chefe de Patrimônio, para avaliar se a roupa de Tânia estava adequada para entrar na secretaria. Passados 20 minutos, o homem a abordou na frente de outras pessoas e negou o acesso ao local.

Tânia é professora e presidente do Conselho Escolar da Escola Municipal Zuleide Fernandes. Ela estava indo fazer uma prestação de contas quando foi barrada.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.