CIDADANIA

Potiguar de 70 anos se perde em Maceió e albergue pede ajuda para encontrar familiares

Um potiguar de 70 anos de idade está perdido no estado de Alagoas. A Secretaria de Assistência Social de Maceió procura familiares de Edivan Lopes Palhares desde o dia 3 de setembro.

De acordo com matéria publicada nesta segunda-feira (12) no site da Prefeitura, o homem foi encontrado pela Polícia Militar e levado para o Albergue Professor Manoel Coelho Neto, no bairro do Poço, onde permanece recebendo moradia e alimentação, mas não sabe ao certo onde mora.

Edivan disse que é da cidade de Monte Alegre, no Rio Grande do Norte, mas estaria em Maceió há alguns meses, para encontrar um amigo. O idoso contou que mora sozinho, mas não lembra ao certo o endereço.

Mencionou viver na Favela Sururu de Capote, no bairro da Ponta Grossa, mas foi levado no veículo do Albergue até o local e não encontrou a casa. Além disso, os moradores não o reconheceram.
Em seguida, com ajuda de uma equipe da Ronda no Bairro, foi até outro endereço que lembrou, próximo à Praça Santo Antônio, mas também não localizou o imóvel.

Agora a equipe da Casa de Passagem tenta por meio do Programa de Identificação e Localização de Desaparecidos (PLID), existente em todos os estados brasileiros, encontrar a família de Edivan Lopes Palhares.

Quem tiver informações que possam ajudar a localizar familiares ou amigos do idoso pode entrar em contato com o Albergue, que fica na Avenida Comendador Leão, s/n, ao lado do Senai, no Poço, Maceió-AL. O telefone é (82) 3312-5917.

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo